Publicidade:



Posts com a Tag ‘Audi Breitkopf’

Comemoração na Audi Center Blumenau

terça-feira, 1 de setembro de 2015

Nota-02---Prêmio-Safe-Plan2

A tarde do dia 14 de agosto foi de comemoração na Audi Center Blumenau. O motivo foi o número de vendas alcançado no mês de julho e a liderança no Market Share em agosto. Para festejar a conquista, toda a equipe foi contemplada com um delicioso café.

“É muita satisfação recebermos esse prêmio, pois sabemos que o mercado é muito competitivo e um dos grandes diferenciais que podemos ter, hoje, é o bom atendimento. A equipe vem sendo treinada pela Audi Brasil e pelo Grupo Breitkopf e ficamos extremamente satisfeitos, bem como os clientes, que se mostram satisfeitos com a qualidade do atendimento da nossa equipe, como os profissionais ‘vestem a camisa’, atendem bem o cliente e podem transmitir a qualidade que a gente espera e que nos deixa muito felizes”, comenta o gerente de vendas da Audi Center Blumenau, Marcos Reis.

Confira as fotos do café, momento em que a equipe compartilhou a alegria da premiação:

Nota-02---Prêmio-Safe-Plan

Nota-02---Prêmio-Safe-Plan4

Audi inicia a produção do A3 Sedan no Brasil em setembro

quinta-feira, 30 de julho de 2015

a3__12

A Audi iniciará a produção do A3 Sedan no Brasil no mês de setembro, quando o modelo sairá da fábrica de São José dos Pinhais, no Paraná. O A3 Sedan brasileiro ganhará um inédito motor 1.4 TFSI turbo bicombustível – será o primeiro veículo da marca no mundo com motorização flex, que será compartilhado com modelos da Volkswagen, marca que faz parte do mesmo grupo que a Audi.

O motor 1.4 flex do A3 Sedan terá 150 cavalos de potência, contra os 122 cv do motor turbo a gasolina que equipa o modelo atualmente importado para o Brasil. O A3 Sedan 1.8 continuará vindo da Hungria, com propulsor 1.8 a gasolina (180 cv).

O A3 Sedan feito no PR será idêntico ao importado, com exceção, claro, do motor flex. Bernd Martens e Prof. Dr. Ing. Hubert Waltl, membros do board da AUDI AG para compras e produção, respectivamente, visitaram a linha da marca na planta de São José dos Pinhais, no mês de junho. Os executivos participaram da cerimônia para colocação do logotipo da Audi no prédio principal da planta.

O Presidente CEO da Audi do Brasil, Jörg Hofmann, também acompanhou a visita com Peter Will, diretor de Manufatura da planta, e Dr. Georg Richartz, diretor de Produção Internacional da marca. Os executivos destacam que a linha está em fase final de implementação e adequada aos padrões internacionais de qualidade da Audi Production System (APS).

A capacidade de produção total do A3 Sedan e do Q3 (que será fabricado no Brasil a partir de 2016) será de 26 mil unidades por ano.

Pauta A3Sedanno BrasilExecutivos da Audi na planta de marca no Brasil, em São José dos Pinhais (Paraná), após o logo da Audi ser colocado no prédio principal. Na foto, da esquerda para a direita, Peter Will, Diretor de Manufatura da planta; Dr. Georg Richartz, Diretor de Produção Internacional da marca; Prof. Dr. Ing. Hubert Waltl e Dr. Bernd Martens, membros do board da AUDI AG para produção e compras; e Jörg Hofmann, Presidente e CEO da Audi do Brasil

Fontes: Audi e G1

Novidades Audi

quarta-feira, 29 de abril de 2015

novidades

Mesmo as condições instáveis da economia ou a alta do dólar não fazem com que CEO da Audi do Brasil, Jörg Hofmann, perca o otimismo em relação ao cenário em longo prazo no País. Hofmann já havia demonstrado todo o seu otimismo em relação ao cenário do segmento Premium no Brasil no “Direções”, Fórum de Tendências da Quatro Rodas, cuja primeira edição aconteceu em novembro do ano passado.

O CEO revela as próximas novidades da marca no mercado nacional. O próximo lançamento deve ser o novo TT, seguido pela linha A6 e A7 reestilizados, incluindo as versões RS. Hofmann ainda afirma que a versão de entrada do A6 será equipado com o motor de quatro cilindros 2.0 turbo (que, na versão americana, entrega 220 cavalos). No segundo semestre, começam as vendas do A3 Sedan Nacional, equipado com motor flex, e chega também a reestilização do SUV Q7. A versão nacional do Q3, que segundo o próprio Hofmann superou as próprias expectativas da Audi, virá apenas em 2016. Em 2014, a subsidiária brasileira foi a que apresentou os melhores resultados mundiais da Audi.

Fonte: Quatro Rodas

O plano 360° da Audi para ser a líder no Brasil

quarta-feira, 29 de abril de 2015

o-plano

“Toda crise tem um vencedor”.  Esse é o mote do presidente da Audi no Brasil, Jörg Hofmann, para continuar investindo no Brasil, mesmo em um momento de crise econômica. Com um plano de longo prazo e que abarca todas as facetas do negócio, da produção à pós-venda, ele quer chegar a 30 mil unidades vendidas até 2020. Em 2014, as vendas da Audi cresceram da 86,6% no Brasil, em relação ao ano passado. Já no primeiro trimestre de 2015, a montadora vendeu 3.444 carros no Brasil, 22% a mais que no ano passado. Em março, as vendas cresceram 60%.

Modelos

Aos poucos, Hofmann quer trazer toda a linha da Audi para o País. “Fazemos muitos ajustes específicos para o Brasil”, diz Hofmann. Um dos exemplos é o A6 com quatro cilindros. Hoje, o modelo é vendido no País na versão de seis cilindros, mas o motor com quatro cilindros poderia se adaptar melhor a grandes cidades, que têm mais trânsito.

Fabricação

A ampliação da linha de produção da fábrica de São José dos Pinhais, Paraná, já está praticamente pronta e as vendas devem começar em setembro deste ano. Com investimento de R$ 500 milhões, a nova linha garantirá a produção de 26 mil carros por ano até 2020. Serão produzidos os modelos A3 e Q3. Hofmann afirma que, inicialmente, os preços não irão baixar, continuando “tão competitivos quanto estão agora”. Porém, os consumidores terão outras vantagens com a produção local. Uma delas é a flexibilidade e rapidez na entrega. O tempo de espera para a chegada de um modelo personalizado pode cair de três meses para duas semanas.

Peças

Outra vantagem da fabricação no Brasil é aumentar o estoque de peças de reposição e diminuir o tempo de entrega. Para conseguir dar conta do estoque, a Audi aumentou em 117% a capacidade de armazenamento do centro de distribuição de peças, que fica em Jundiaí, São Paulo.

Financiamento

A tendência atual, de oferecer financiamento de carros com juros a 0%, é “muito difícil, cara e ridiculamente louca”, diz Hofmann. Para conseguir contornar esse problema, a empresa criou um novo conceito: o Audi Pass. O programa de financiamento exige apenas 20% de entrada, mais 23 parcelas referentes a apenas 30% do valor do veículo. A 24º parcela fica a critério do cliente: fazer o pagamento dos 50% restantes ou oferecer para a recompra em uma concessionária Audi. Esse modelo é mais sustentável para a companhia e atrai mais consumidores.

Serviços

Ano passado, lançaram o programa Audi Service Express. As três primeiras revisões de qualquer modelo serão realizadas em menos de uma hora. Com a diminuição do tempo de espera, as concessionárias conseguem fazer de sete a oito revisões por dia, ao invés de duas a três. O serviço já está disponível em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, e Belo Horizonte.

Carros Usados

Para Hofmann, o segmento de venda de carros usados é bastante incipiente no Brasil, e muito pouco profissional. Segundo ele, na Alemanha, a maior parte do faturamento vem de serviços e de usados, enquanto no Brasil carros novos lideram as receitas. Para se aproximar mais do modelo europeu, a companhia lançou o Audi Aproved Plus, programa de revenda. Na concessionária, os carros terão uma área de destaque, serão revisados – o cliente recebe um check list de tudo o que foi verificado no automóvel – e terão até garantia. Disponível em Blumenau e Curitiba, o programa estará na maioria das concessionárias Audi até 2016.

Fonte: Exame

Audi cresce 22%

quarta-feira, 29 de abril de 2015

cresce

Na contramão da queda de 17% na demanda por veículos no Brasil, duas marcas alemãs do segmento premium conseguem remar contra a maré e estão renovando recordes registrados no ano passado. Depois de fechar fevereiro no vermelho, com desempenho prejudicado pela falta de seus modelos mais vendidos na rede de concessionárias, a Mercedes-Benz terminou o primeiro trimestre com crescimento acumulado de 20,5% e quase três mil carros emplacados no período.

A Audi, por sua vez, aumentou em 22,2% os volumes no País, chegando a mais de 3,4 mil automóveis licenciados nos três meses, ou uma diferença de apenas 47 carros em relação à líder do mercado de luxo, a BMW, cujas vendas cederam 3,6%, para pouco menos de 3,5 mil unidades entre janeiro e março.

Apesar disso, o presidente da Audi no Brasil, Jörg Hofmann, avalia ainda ser cedo para comprar uma briga com a concorrente. “Não tenho certeza se terminaremos o ano como a marca líder. Isso, na verdade, não é nosso foco. Temos um projeto de longo prazo no Brasil e a estratégia é crescer de forma sustentável”, diz o executivo.

A montadora chegou à reta final da preparação de suas estruturas de vendas e pós-venda para o início da produção local do modelo A3 (versão sedã) dentro da fábrica compartilhada com a Volkswagen em São José dos Pinhais, no Paraná, previsto para setembro ou outubro. Até o terceiro trimestre, a Audi pretende finalizar a segunda e última fase de um plano de expansão que vai mais do que dobrar a capacidade de estocagem do centro de distribuição de peças em Jundiaí, no interior paulista.

Antes disso, já no mês maio, entra em operação o novo centro de treinamento de vendedores e mecânicos das concessionárias da marca, responsável por 25,5% do mercado premium nacional – acima dos 22% do ano passado. Em paralelo, a Audi avança no desenvolvimento da rede de revendas, com a inauguração de mais dez pontos, programada para 2015, chegando a 50 lojas. Até 2017, a meta é elevar esse número para 67 revendas.

No total, a marca do grupo Volkswagen investe R$ 500 milhões na adaptação da fábrica paranaense para a produção do A3 e, a partir do primeiro semestre de 2016, também do utilitário esportivo Q3. A capacidade será de 26 mil veículos por ano. O objetivo para 2015 é chegar a dezembro com crescimento de dois dígitos no País, o que, se confirmado, significará superar pela primeira vez a marca de 14 mil carros vendidos no mercado brasileiro. Em 2014, a Audi vendeu 12,5 mil automóveis no Brasil, 86,6% a mais do que em 2013.

Fonte: ABLA

Palestra Luiz Carlos Prates

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Palestra-Luiz-Carlos-Prates-(3)

Sempre presente nos melhores eventos de Santa Catarina, a Audi Center apoiou o Ciclo de Palestras da Câmara de Diretores Lojistas (CDL), que trouxe a Blumenau o comentarista televisivo Luiz Carlos Prates, no dia 14 de abril, no Teatro Carlos Gomes. Cerca de 620 pessoas prestigiaram Prates na palestra que teve como tema “O destino do Brasil é o nosso destino. Vamos deixar assim”. O lado analítico do jornalista se uniu à característica motivacional do psicólogo, duas profissões de Prates, oferecendo ao público a oportunidade de avaliar os problemas brasileiros da atualidade e buscar inspiração para superá-los.

Palestra-Luiz-Carlos-Prates-(2)

Palestra-Luiz-Carlos-Prates-(4)

Palestra-Luiz-Carlos-Prates-(5)

Palestra-Luiz-Carlos-Prates

Crescimento de 70%

segunda-feira, 19 de janeiro de 2015

Crescimento

Dedicação e sucesso. No dia 08 de janeiro, as concessionárias Audi de Santa Catarina reuniram suas equipes em Balneário Camboriú para parabenizar a todos pelo sucesso de 2014. O grupo alcançou um crescimento de 70% em emplacamentos no estado, em comparação ao ano de 2013. No momento, também foram discutidas as metas e os objetivos da equipe para o ano de 2015.

3ª Copa TTC de Tênis

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

3ª-Copa-TTC-de-Tênis-7

Competição e celebração. Entre os dias 3 e 18 de novembro ocorreu a 3ª Copa Tabajara Tênis Clube de tênis, que contou com a participação de atletas entusiasmos durante todos os dias. A Audi Center Blumenau apoiou a copa, com a equipe marcando presença e com modelos Audi à disposição para a apreciação dos convidados. O jantar de premiação ocorreu no dia 8 de dezembro e, durante a confraternização, a Audi Center Blumenau recebeu um troféu de agradecimento do Tabajara Tênis Clube pela participação e presença durante o campeonato.

3ª-Copa-TTC-de-Tênis-6

3ª-Copa-TTC-de-Tênis-2

3ª-Copa-TTC-de-Tênis-3

3ª-Copa-TTC-de-Tênis-4

3ª-Copa-TTC-de-Tênis-5

3ª-Copa-TTC-de-Tênis-8Crédito das fotos: Edemir Garcia

 

Festival de Hip Hop Black Cat

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

Festival-de-Hip-Hop-Black-Cat-2

Sempre presente nos melhores eventos da região, a Audi Center Blumenau apoiou o 11º Festival de Hip Hop Black Cat, que ocorreu nos dias 28 e 29 de novembro, no Teatro Carlos Gomes. Além das coreografias de dança de rua de grupos da região e de cidades como Florianópolis, Rio de Janeiro e Curitiba, o festival reúne outros elementos do hip hop como exposição de grafite, apresentações vocais e DJs.

Festival-de-Hip-Hop-Black-Cat-1

Festival-de-Hip-Hop-Black-Cat-3

Festival-de-Hip-Hop-Black-Cat-4

A Incrível Arte de Vender

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

A-Incrível-Arte-de-Vender1

Em Blumenau, no dia 11 de novembro, a Audi Center Blumenau apoiou o evento A Incrível Arte de Vender. Promovido pela Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Blumenau, a palestra show, que ocorreu no Teatro Carlos Gomes, foi especialmente desenvolvida para profissionais de vendas e atendimento, empresários, colaboradores de empresas, representantes comerciais, estudantes e público em geral. Produzida pelo Seu Chico Treinamento Corporativo, a apresentação abordou temas relacionados ao atendimento, vendas e serviços, baseados em fatos do cotidiano das empresas.  A palestra show arrancou risos do público e levou os profissionais à reflexões na geração de bons resultados para os negócios.

A-Incrível-Arte-de-Vender2

Crédito das fotos: Jaime Batista da Silva