Consórcio é opção de investimento para saques de contas inativas do FGTS

 

PAUTA2

 

Os brasileiros agora podem retirar o dinheiro de suas contas inativas do FGTS e quitar antigas dívidas. Algumas dúvidas sobre o assunto ainda atrapalham na hora de aproveitar a ocasião para realizar investimentos com o montante recebido.

Uma boa opção é o consórcio, que oferece diversas oportunidades para aquisição de bens como imóveis comerciais e residenciais, veículos, motocicletas, entre outros.  A principal vantagem é a ausência da cobrança de juros, é apenas necessário arcar com taxas administrativas.

O valor recebido do FGTS pode ser aplicado na compra de bens, para quem ainda não tem um consórcio, através de um planejamento de longo prazo pagando as parcelas que sejam adequadas ao orçamento mensal. O crédito do consórcio também pode ser utilizado para construir, reformar ou investir, especialmente para quem deseja ter uma aposentadoria a partir de rendimentos obtidos de patrimônio imobiliário.

Para os que já são consorciados, o valor da conta inativa do FGTS também pode ajudar. Para o participante do consórcio automotivo que ainda não foi contemplado, uma alternativa é oferecer um lance maior e aumentar as chances de antecipar seu acesso ao crédito, além de reduzir o número de prestações, diminuir o valor pago mensalmente ou até quitar a cota.

No caso daqueles que já receberam a carta de crédito, há as opções de abater parcelas a vencer, antecipar a quitação ou mesmo reduzir o tempo da dívida. Já para quem possui consórcio imobiliário o ideal é não tirar o FGTS da conta, uma vez que as ações para este tipo de consórcio podem ser realizadas diretamente na conta do titular.

(Fonte: ABAC)

Tags: , , , , , ,

Deixe um comentário

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.