Posts com a Tag ‘ABAC’

Consórcio ajuda a tirar a reforma do papel

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

pauta-1

 

Em 2017 a modalidade de consórcios para reforma de casas cresceu cerca de  12% , de acordo com dados da ABAC. A pesquisa também apontou um crescimento de 8,4% no número de cotas vendidas no primeiro trimestre de 2018, em comparação com o mesmo período do ano passado. Para quem quer tirar o projeto do papel o consórcio é uma ótima alternativa, pois apresenta vantagens que vão desde o valor atrativo das parcelas até a isenção de juros.  Algumas empresas cobram apenas uma taxa administrativa que já vem diluída no valor das prestações. Quando contemplado, o consumidor recebe o valor a vista e terá poder de barganhar e negociar o melhor preço ou desconto na hora de contratar o serviço e comprar os materiais.  Na hora de contratar é importante ter alguns cuidados como verificar a credibilidade da empresa que vai contratar o consórcio e também prever se o valor que você pagará de parcela não vai ultrapassar 30% da sua renda mensal, para não correr o risco de tornar-se inadimplente.

Procure a Breitkopf Consórcios mais perto de você e confira os planos!

Consórcios ganham cada vez mais espaço

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Pauta-2

O Sistema de Consórcios, ao contrário de outros segmentos, tem só crescido nos últimos anos. Atualmente existem mais de 6 milhões de consorciados ativos no País, somente no setor de automotores novos e seminovos, de acordo com dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC).

Por segmento, o consórcio de veículos leves cresceu 4,6% nas vendas no primeiro trimestre de 2018, de motocicletas, avançou de 9,4%, de veículos pesados, 21,1% a mais que no mesmo período do ano passado.

No segmento imobiliário, são 850 mil, onde de janeiro a março foram contemplados 18,4 mil participantes, 9,5% a mais que no primeiro trimestre do ano passado. Os créditos disponibilizados para a compra de imóveis também cresceram 9,5%, atingindo R$ 1,84 bilhão.

O avanço é resultado do alto custo do financiamento causado pela alta taxa básica de juros. Os grupos de consórcios reúnem pessoas físicas ou jurídicas, promovidas exclusivamente por uma administradora devidamente credenciada pelo Banco Central para atuação neste segmento, com prazo de duração previamente estabelecido, tem a finalidade de propiciar a seus integrantes a aquisição de bens móveis e imóveis, por meio de autofinanciamento. Fonte: ABAC

Motivos para aderir ao consórcio

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

 

Pauta-1_2345

 

A Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC) divulgou uma pesquisa sobre os critérios de motivação para adesão ao sistema de consórcio. Garantia de entrega, valor da parcela e facilidade de retirar o bem foram os quesitos mais avaliados pelos consumidores na hora de aderir ao consórcio.

A pesquisa, realizada pela Quorum Brasil, feita com mil consorciados de todo o País, também  mostrou que a média de satisfação do consorciado é boa: 8,11, principalmente quando comparada a outros mercados.

Os critérios de satisfação foram divididos em três grupos de relevância, sendo que o principal critério registrado foi a garantia de entrega do bem, com 17,4% das citações. O segundo mais votado foi o valor da parcela, com 14,4%, revelando a atenção e a responsabilidade do consorciado quanto a um investimento compatível com seu orçamento mensal.

A taxa de administração ficou em penúltimo lugar com 5,7% dos votos, confirmando não ser esse um item decisivo para o consorciado para sua participação no Sistema de Consórcios. Confira todos os planos e vantagens que o consórcio oferece em  http://consorcio.breitkopf.com.br/

Fonte ABAC

Consórcio alternativa ideal de investimento

sexta-feira, 8 de junho de 2018

 

Pauta-2

Para quem não está com pressa para trocar de carro ou adquirir seu primeiro automóvel, o consórcio continua sendo uma alternativa ideal de investimento. As vantagens em relação ao tradicional financiamento do veículo são inegáveis e, por isso, a modalidade segue atraindo cada vez mais a atenção do consumidor.

 

Definitivamente, é um segmento que desconhece a palavra crise. “Na modalidade automóveis, fechamos 2017 com 3,4 milhões de clientes ativos e 1,1 milhão de cotas vendidas, com um crescimento de 8,1% em créditos comercializados em relação a 2016”, ressalta Bruno Correa Martins, presidente regional da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (Abac).

 

Mas, afinal, por que o consórcio ainda é um bom negócio? As respostas são várias, mas a principal é: porque é uma modalidade de compra em que não há incidência de juros. O cliente só paga uma taxa de administração, que costuma ser 0,1% a 0,15% do valor da parcela. Além disso, também diferente dos financiamentos, o consórcio permite parcelar até 100% do valor do carro e com prazos mais extensos, em até cem meses.

 

Na prática, isso significa pagar prestações muito mais suaves, que cabem no bolso da maioria das pessoas. O valor da parcela é cobrado de acordo com uma tabela que varia de fabricante para fabricante. Procure uma loja da Breitkopf Consórcios e se informe!!

(Fonte: http://abac.org.br/servicos/clipping/maio2018/25_05_18/o_tempo.pdf)

ABAC lança cartilha “Na corda bamba” sobre educação financeira

sexta-feira, 11 de maio de 2018

matéria-4

A ABAC Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, em parceria com a DSOP Educação Financeira, uma das principais promotoras de conhecimento sobre o tema no Brasil, está lançando a cartilha “NA CORDA BAMBA – COMO A EDUCAÇÃO FINANCEIRA PODE MELHORAR SUA VIDA”, um verdadeiro bê-á-bá da educação financeira.

Disponível em formato digital, a publicação visa orientar os consumidores sobre a gestão de suas finanças pessoais, disseminando informações sobre o assunto. Ao partir de três questões básicas: “Quanto ganha? Quanto gasta? Em que gasta?”, a cartilha discorre sobre o seu Eu financeiro, procurando mostrar e explicar qual é sua real situação financeira, classificando-o como: investidor, equilibrado financeiramente ou endividado.

Baseado nos sonhos ou nos objetivos individuais, independentemente de ser um bem material ou não, a cartilha enfatiza o planejamento como base das realizações. O consórcio, colocado como exemplo prático, funciona como meio para as pessoas planejarem sua vida financeira e alcançarem suas conquistas. A cartilha “NA CORDA BAMBA – COMO A EDUCAÇÃO FINANCEIRA PODE MELHORAR SUA VIDA” pode ser acessada pelo link:http://materiais.abac.org.br/cartilha-educacao-financeira.

4,9% de crescimento ,no acumulado do ano, em consórcios

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

 

Pauta-2

O mês de agosto contabilizou 182,2 mil vendas de novas cotas de consórcios de veículos no País, 6,7% de alta em comparação com o mês de julho. A Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios (Abac) divulgou também que no acumulado de janeiro a agosto, a venda de novas cotas somou 1,3 milhão de unidades e registrou acréscimo de 4,9% sobre o mesmo período do ano passado.

 

Os veículos leves (automóveis e pequenos comerciais) continuam na ponta do crescimento do setor. Foram 719,1 mil unidades, no acumulado do ano, o equivalente a 54,6% de todas as cotas de consórcio de veículos (considerando leves, pesados, máquinas agrícolas, implementos e motos).

 

O que chama atenção é o crescimento de 10,7% do tíquete médio ou valor médio (R$ 43,5 mil) das novas cotas na comparação com agosto de 2016. É um indício de que consumidores com renda mais alta estão recorrendo à modalidade. E o número de participantes ativos (aqueles que continuam pagando suas parcelas, mesmo sem ser contemplados) cresceu 6,2% sobre o acumulado de 2016.

 

Os pesados (caminhões, ônibus, máquinas agrícolas e implementos) também motivam a alta nos consórcios, embora com menor volume. A venda de novas cotas para o setor somou 35,1 mil unidades até agosto, resultando em alta de 12% sobre iguais meses de 2017.

 

O tíquete médio de agosto (R$ 154,2 mil) cresceu 16,9% sobre o mesmo mês de 2016. O número de participantes ativos se manteve estável em 276,5 mil consumidores e as contemplações tiveram pequena queda de 1,5% ante o acumulado até agosto do ano passado. (fonte: http://www.automotivebusiness.com.br/noticia/26554/consorcios-crescem-49-no-acumulado-do-ano)

Sabia que com uma pequena reserva por mês você pode conquistar sua casa própria?

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

 

PAUTA-3

 

O sonho de conquistar a casa própria às vezes pode parecer impossível, mas com uma pequena reserva poderá ser concretizado. As condições de pagamento estão cada vez mais acessíveis e com o passar dos anos a educação financeira se tornou uma prática entre os consumidores que preferem economizar para realizar um investimento seguro.

Poupar dinheiro não é tão difícil quanto parece. Algumas dicas podem ajudar a planejar melhor o destino do seu dinheiro. Comece fazendo uma relação dos seus gastos, se você tem um carro, poderia vendê-lo e comprar outro mais barato? Os planos de internet, TV e telefone que você possui podem ser reduzidos? Você compromete um valor alto do seu orçamento em itens supérfluos? Esqueça o cartão de crédito e o parcelamento na hora de realizar as compras. Quite suas dívidas.

Sendo disciplinado com as suas finanças você perceberá que consegue economizar mais do que imaginava. Claro que, se você tiver uma reserva de dinheiro terá ainda mais facilidade para adquirir a casa própria e se optar pelo consórcio, você programa a conquista do seu imóvel sem pressa, sem juros e ainda pode antecipar seu acesso ao bem através de lance.

Segundo dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcio (ABAC), grande parte dos brasileiros (71,1%) utilizam o crédito para aquisição de novos imóveis. Isso porque, além de não precisar dispor um valor de entrada, não há incidência de juros e você ainda escolhe o crédito que melhor se encaixa no seu orçamento. O crédito no consórcio é corrigido conforme o critério estabelecido no contrato, sendo o mais comum o INCC (Índice Nacional do Custo da Construção). Isso acontece para que, independentemente da data em que for contemplado, você possa adquirir o bem mantendo seu poder de compra.

Ficou Interessado? Procure a Breitkopf Consórcios mais perto de você e saiba mais sobre os planos e facilidades ofertadas. (Fonte:http://abac.org.br/servicos/clipping/outubro2017/17_10_17/primo_rossi.pdf)

Classe C busca consórcio para adquirir carro novo

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

 

pauta-2

 

As vendas de consórcios bateram o recorde do ano, no mês de juIho,  com 202,5 mil novas adesões e 90% de crescimento,  de acordo com dados  do setor.

As classes C e D concentram a maior parte dos investidores nesse tipo de financiamento, que em 83% dos casos é utilizado para comprar carros e motos, segundo a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC).

O presidente da associação, Paulo Roberto Rossi, diz que o mercado de consórcios está em constante alta, “A evolução vem desde o ano passado e é decorrente de uma mudança de comportamento do consumidor. Depois da crise, ele começou a ficar atento às finanças e substituiu compras por impulso pelo planejamento”.

De acordo com o perfil do consorciado traçado pela ABAC, as classes C e D apresentaram 84 % do total de consumidores  que  aderiram a modalidade. “Quando você tem prazos  longos  para pagar, o orçamento de uma pessoa que passa por dificuldade financeira”, explica Rossi.

Fonte: ( http://abac.org.br/servicos/clipping/outubro2017/17_10_17/agora.pdf )

Lance: a chance de antecipar a contemplação no Consórcio

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

 

Pauta-1

 

Para quem faz parte de um grupo de Consórcio, dia de Assembleia é momento de cruzar os dedos e pegar o amuleto da sorte, já que é quando ocorrem as contemplações por sorteio e também por lance. No caso do sorteio, todos os consorciados com as obrigações em dia possuem as mesmas chances, enquanto no lance, os consorciados que se programaram para ter uma reserva financeira saem na frente e têm mais chances de antecipar a contemplação. O lance é um adiantamento de parcelas proposto pelo consorciado. Para ofertar, é preciso que ele esteja com as obrigações em dia e faça a oferta pessoalmente na Assembleia Geral Ordinária ou por atendimento telefônico ou internet, no prazo de até 2 horas antes do dia da realização da Assembleia. O consorciado pode conferir a data da Assembleia no boleto mensal e no site. Caso o lance seja ofertado após esse prazo, ele valerá apenas para a próxima Assembleia.


Lance é garantia de contemplação?

Não. Após você dar um lance, o seu e todos os demais ofertados dentro do seu grupo serão analisados. Ganha quem oferecer o maior percentual sobre o valor da categoria (que é o valor atual do bem, mais Taxa de Administração, Fundo de Reserva e seguro de vida, se contratado) vigente na data da respectiva assembleia. Em caso de empate entre os lances, o desempate é realizado colocando no globo todas as bolinhas correspondentes ao número da cota com lance ofertado e a primeira bolinha será a cota vencedora. Além da disputa do maior lance, é importante destacar que a contemplação só acontece se o lance, quando somado ao caixa disponível no grupo, for de valor suficiente para a atribuição do crédito, na data da Assembleia Geral Ordinária de Contemplação.


Como saberei se o meu lance foi contemplado?

A Breitkopf Consórcios comunica o consorciado que foi contemplado por meio de e-mail e telefonema. Porém, é de responsabilidade do cliente que ofertou o lance se informar da contemplação.

 

Você pode acompanhar o resultado já no primeiro útil depois da Assembleia, de várias formas:

1) Em nosso site, na Área do Cliente, usando sua senha de acesso

2) Pelo atendimento telefônico, no contato com nossa Central de Atendimento

3) Na loja em que você comprou a cota.

 

Ofertou um lance, mas não foi dessa vez? Não desanime tão rápido! Quem faz uma oferta e não é contemplado deve continuar acompanhando os resultados por até 7 dias úteis, pois podem haver mudanças.

O perfil do consorciado brasileiro

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

pesquisa-consorcio

 

No Brasil, 60% dos consórcios são mantidos por homens e 40% por mulheres. As preferências entre o público masculino são pelos planos de aquisição de motocicletas (73%) e caminhões (70%). Já elas lideram as cotas de serviços (58%) e de eletrônicos (55%).

 

Os dados são da pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Consórcios (Abac) para traçar o perfil dos consorciados no País. Foram ouvidos mais de 1.400 clientes, em oito capitais brasileiras.

 

O estudo revelou, ainda, que 44% dos entrevistados representam a classe C, seguidos por 26% na classe B, 23% na classe D e 7% na classe A. Em relação à idade, a maioria dos clientes de consórcio (34%) têm mais de 50 anos. A faixa de 30 a 39 anos representa 26% dos consorciados, enquanto 23% deles têm entre 40 e 49 anos. Os jovens de até 29 anos são minoria, com apenas 17%.

 

Um número que mostra o potencial de crescimento desse sistema de compra está representado no percentual de percepção do público de que o consórcio é um bom negócio: este índice subiu de 54% na pesquisa anterior para 66% no último levantamento. Outra boa notícia para o segmento de veículos é de que 62,5% dos entrevistados que planejam comprar automóveis poderão fazê-lo por meio de consórcio, o que significa quase 2 em cada 3 entrevistados.