Posts com a Tag ‘apartamento’

Consórcio: o endereço do seu próximo imóvel

terça-feira, 10 de abril de 2018

 

foto-materia-2

 

O sonho da casa própria ou a opção de investir em imóveis pode se realizar de forma programada por meio do consórcio. Esta modalidade oferece prazos bastante flexíveis e parcelas acessíveis para uma aquisição planejada de casa, terreno ou apartamento, no endereço desejado pelo cliente.

 

O consórcio é um sistema baseado em planos de médio e longo prazo, com parcelamento integral e possibilidade mensal de obtenção do crédito ou antecipação da contemplação. Nesta modalidade, o próprio cliente escolhe o valor do bem e o prazo mais adequado à sua realidade financeira.

 

Por ser um contrato com parcelas mensais em data definida, o consórcio também estimula a disciplina financeira do cliente, que passa a ter um compromisso com o seu futuro. A formação de grupos com planos maiores e parcelas menores ajuda a viabilizar os sonhos de cada cliente por meio das contemplações mensais.

 

A modalidade é indicada para quem não necessita do bem de forma imediata. Porém, para quem tem pressa para comprar um terreno pelo consórcio para construir, pode ofertar um lance e antecipar o recebimento da carta de crédito.

Patrimônio construído com o Consórcio Breitkopf

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Patrimônio construído com o Consórcio Breitkopf

A modalidade de consórcio consolida-se cada vez mais como um meio de investir e formar patrimônio. Foi pensando nisto, que Olímpio Ernesto Basso, 51 anos, advogado de Blumenau, entrou para o consórcio imobiliário Breitkopf.

Para sua surpresa, foi sorteado já na sétima assembleia. “Não esperava ser sorteado tão rápido”, comemora. Ele está investindo o valor da carta de crédito em um apartamento, que pretende colocar para alugar quando ficar pronto.

Além dessa, ele adquiriu outras duas cotas de consórcio imobiliário com a Breitkopf em valores semelhantes e participa de dois consórcios de automóveis Breitkopf, um há dois meses e outro há dois anos. “Gosto de trabalhar com consórcios, principalmente com o Consórcio Breitkopf, que é uma empresa séria”, comenta.

Segundo o advogado, as vantagens do consórcio é que pode-se pagar parcelado e sem juros. “E ainda, se você for contemplado, pode deixar a carta de crédito rendendo e no final optar por pegar o valor corrigido em dinheiro”, acrescenta. Desta forma, Basso está construindo seu patrimônio, através do sistema de consórcios.

Um apartamento e muitos investimentos

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Um apartamento e muitos investimentos

Quando aderiu ao Consórcio de Imóveis Breitkopf, Márcio Luiz Bogo, 40 anos, não imaginou que seria contemplado tão rápido. Ele foi sorteado já na segunda assembleia, com uma cota de R$ 110 mil e comemora a conquista junto de sua esposa, Neuci Sartori Bogo.

“Quando compramos uma cota de consórcio, sempre pensamos em sermos sorteados o mais breve possível. Porém, eu não estava muito ansioso, fiz para investimento, tive sorte e fui sorteado logo”, comenta.

Márcio, que é empresário do ramo da construção civil, investiu o valor em um apartamento na cidade onde mora, Rio do Sul. Ele já tem casa própria e alugou o imóvel, que mais tarde poderá servir de moradia para um dos dois filhos, que hoje estão com 5 e 16 anos.

Ele entrou para o Consórcio Breitkopf assim que a administradora passou a oferecer cotas para imóveis, em março deste ano. “A grande vantagem é que não existem juros, somente taxa de administração, o que no final dá uma diferença enorme em comparação aos outros tipos de financiamento, mesmo da casa própria”, avalia.

Bogo escolheu o Consórcio Breitkopf pela sua confiabilidade no mercado e por ser uma empresa da região. “Existem muitos consórcios no mercado, mas prezo pela tradição e atendimento”, ressalta. “Com certeza, em breve devo fazer outro, com o Consórcio Breitkopf, é claro”, garante.

Cresce procura pelo consórcio imobiliário

terça-feira, 27 de abril de 2010

Cresce procura pelo consórcio imobiliário

Marlon e a mulher pretendem comprar o apartamento onde moram como inquilinos. “Acho que logo, logo, a gente vai poder dormir em uma noite e acordar na outra como proprietário”, espera o gerente comercial Marlon Tomanini.

Dinheiro para isso eles já têm. Marlon entrou em um consórcio. No mês passado, deu um lance e foi contemplado com uma carta de crédito de R$ 350 mil. “Já está tudo montado, estou tranquilo aqui. É mais fácil, mais econômico, só vou cuidar das prestações do consórcio”, aponta Marlon.

O sistema de consórcios no país começou 2010 com um salto. Em janeiro e fevereiro, o volume de negócios atingiu R$ 8,6 bilhões – 43,3% a mais que no primeiro bimestre de 2009. Quem liderou esse boom foram os consórcios de imóveis, que registraram alta de 46,4%. Os de veículos cresceram 38,7%.

Já são 3,8 milhões de consorciados no país, 200 mil a mais que no início do ano passado. Esse é um setor que não tem tido do que reclamar. Nem mesmo no período de crise. Nessa época, o mercado de consórcios virou uma opção para quem queria comprar carro ou apartamento e não encontrava crédito na praça.

Agora, com o reaquecimento da economia, os consórcios decolaram, beneficiados pelo aumento da renda do trabalhador, especialmente daquele que quer fugir dos juros altos dos financiamentos.

O comprador de uma cota em um consórcio paga prestações sem juros, o que torna mais baixo o valor final do veículo ou imóvel. Somada às parcelas corrigidas anualmente, há uma taxa de administração de 0,2% ao mês, em média.

Mas no consórcio, o cliente só consegue a carta de crédito para adquirir o bem se for sorteado ou se der um lance. Para dirigentes do setor, o sistema pode ser comparado à poupança.

“Na poupança, se você fizer os depósitos, tiver disciplina, só vai poder utilizar o valor correspondente à compra de um bem no final do período. No consórcio, você vai participar todos os meses de um sorteio e pode ofertar lances, o que permite abreviar o recebimento do bem que você pretende”, compara o presidente regional da Abac Luiz Fernando Savian.

“Se ele quer dar o lance, quer dar o bem, o ideal é que seria no começo”, aconselha o economista Otto Nogami.

Fonte: G1

Consórcio Breitkopf lança créditos imobiliários

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Consórcio Breitkopf lança créditos imobiliários

O Consórcio Breitkopf passa a oferecer o consórcio imobiliário, permitindo a seus clientes a realização do sonho da casa própria. Os créditos, que variam de R$ 65 mil a R$ 130 mil, podem ser investidos numa casa, apartamento, terreno ou reforma.

Os planos são de 60 a 150 meses. Desta forma, o cliente pode ajustar as parcelas conforme seu orçamento e o mais importante, sem pagar juros. “A vantagem em adquirir um imóvel através do consórcio é que não existem juros, mas sim uma pequena taxa de administração. E sua correção acontece uma vez por ano, através do Índice Nacional Construção Civil”, explica Sidney Cardoso, gerente de vendas do Consórcio Breitkopf.

Os lances para o Consórcio Imobiliário Breitkopf poderão ser livres ou limitados em até 20% do valor do crédito. “Outra vantagem é que o cliente não precisa ter dinheiro para a oferta de lances, pois pode utilizar o crédito”, lembra Cardoso. As modalidades de contemplação serão por sorteio, lance livre e lance limitado.

Segundo o gerente, essa é mais uma conquista para o Consórcio Breitkopf. “Com isso, ampliamos nosso mix de produtos, com o objetivo de aumentar o número clientes”, ressalta Cardoso.