Archive for the ‘Entrevistas’ Category

Volkswagen dá os primeiros passos na produção do Golf no Brasil

sexta-feira, janeiro 30th, 2015

Volkswagen-dá-os-primeiros-passos-na-produção-do-Golf-no-Brasil-(2)

A sétima geração do Golf (ou a terceira, para nós) vendida no mercado brasileiro já teve diversas origens diferentes. De início, o hatch médio da Volkswagen era importado da Alemanha, com o mesmo refinamento e equipamentos da versão oferecida aos europeus. Mas há alguns meses, o modelo passou a ser trazido do México, sem pagar impostos de importação e com alguns itens de série retirados, mas pelos mesmos preços. Desta vez, a marca vai produzi-lo no Brasil.

A fábrica de São José dos Pinhais (PR), que comemorou recentemente seus 16 anos, recebeu um investimento de R$ 530 milhões para abrigar a linha de produção do novo Golf, aumentando a capacidade produtiva do local em 20 por cento. O início da fabricação do automóvel na unidade fabril paranaense acontece dois anos após o anúncio do investimento.

A primeira carroceria do modelo, inclusive, já foi produzida na fábrica. De início, a produção do Golf contará com peças trazidas do México, sendo que o índice de nacionalização deve aumentar até atingir 70%. A linha do modelo vai contar com mais de dois mil funcionários, que vem passando por treinamentos teóricos e práticos desde o ano passado.

A produção do modelo está inserida no conceito global “Think Blue Factory.”, que estabelece uma meta para que todas as plantas da marca melhorem em 25% seus indicadores ambientais de consumo de água e energia, de emissão de gás carbônico e de geração de resíduos e solventes até 2018, em comparação a 2010.

Graças a esse conceito, o processo de armação da carroceria do novo Volkswagen Golf no Brasil deve apresentar uma economia de cerca de 30% no consumo de energia elétrica em relação aos equipamentos convencionais, por meio do uso dos novos robôs e pinças de média-frequência.

O novo Volkswagen Golf brasileiro, assim como aconteceu com o mexicano, pode chegar com novidades para os consumidores. A principal delas deve ser uma nova versão de entrada, possivelmente a Trendline, equipada com motor 1.6 litro de 16V e 120 cavalos de potência, o mesmo já encontrado nas versões mais caras dos compactos Gol, Saveiro e Fox, com preço na casa dos R$ 65 mil.

Já os modelos Comfortline e Highline devem trazer o motor 1.4 litro TSI flex. Além do Golf, a planta de São José dos Pinhais vai ser responsável em breve pela produção do A3 Sedan e da próxima geração do Q3, que também desfrutará da plataforma modular MQB.

Fonte: Volkswagen Brasil

Prêmio IMPAR e Fenabrave

sexta-feira, dezembro 19th, 2014

Prêmio-IMPAR-(2)

A Breitkopf Veiculos foi a concessionária mais lembrada no Vale do Itajaí no Prêmio IMPAR (Índice das Marcas de Preferência e Afinidade Regional) de 2014. No dia 25 de novembro, o Prêmio certificou as 45 marcas de produtos e serviços mais lembradas e preferidas pelos catarinenses do Estado e da Grande Florianópolis. O evento, promovido pelo Grupo RIC, foi realizado na sede da Fiesc, na Capital. No total, o Ibope Inteligência entrevistou 1.400 pessoas para elaborar o Índice, em oito regiões catarinenses. O resultado foi documentado no Anuário IMPAR, que se transformou em um perfil socioeconômico de Santa Catarina.

Prêmio-IMPAR-(4)

“O ano foi de muitas conquistas. Receber o certificado de concessionária mais lembrada, na Categoria Revendas de Automóveis, foi recompensador e nos dá motivo para seguir em frente com profissionalismo e respeito aos nossos clientes e colaboradores”, afirma o diretor de vendas da Breitkopf Veículos, Alceu Peixer Filho.

Além de ser a concessionária mais lembrada, a Breikopf Veículos também recebeu o prêmio de Excelência no Atendimento da Fenabrave Santa Catarina. “Nós só temos a agradecer aos clientes pela confiança e aos nossos colaboradores pela dedicação diária”, complementa o diretor.

Visita à Alemanha

terça-feira, junho 24th, 2014

Visita-à-Alemanha

A equipe da Breitkopf Veículos entrevistou o representante da Empilhadeiras Still,  Ricardo Cristiano Oribka, que recentemente visitou a fábrica da Volkswagen, em Dresden, na Alemanha. Confira:

Visita-à-Alemanha-2

Como surgiu a ideia de visitar a fábrica da Volkswagen?

Oribka: Trabalho com empilhadeiras e estive em visita à Alemanha para conhecer a fábrica do equipamento em que trabalho, que fica em Hamburgo. Fui a Dresden e, ao passar pela frente daquele paredão de vidro cheio de carros, fiquei estupefato. Reconheci na hora o famoso elevador. Perguntei a um amigo, que reside na Alemanha, se poderia visitar.

Visita-à-Alemanha-8

Qual foi a primeira impressão?

Oribka: A fábrica impressiona todos que visitam a cidade. Ao lado dela, os carros ficam expostos numa parede de vidro, como um almoxarifado a céu aberto, magnífico. Da rua, foi possível ver o elevador colocando os carros… que só fez aumentar o desejo de parar e conhecer o lugar.

Visita-à-Alemanha-7

Como foi a visita?

Oribka: A visita, guiada por um agente da fábrica, foi arrepiante! A organização, o hall de espera, as salas de vidro, todos trabalhando de branco, com luvas brancas, tudo é espetacular. Acredito que a maior atração da cidade seja a fábrica.

Visita-à-Alemanha-9

O que mais chamou a atenção?

Oribka: O piso! O chão se move como uma linha de montagem. O carro para, os robôs trazem as peças para as estações e o pessoal vai montando as partes, mas o chão esta indo para a próxima estação. Só quem já viu, entenderá!

Visita-à-Alemanha-11

Qual a tua opinião sobre o carro elétrico?

Oribka: O veículo é veloz, bonito, futurista, com conceito totalmente elétrico e está à disposição dos visitantes para uma volta de demonstração.

Visita-à-Alemanha-3

Visita-à-Alemanha-4

Visita-à-Alemanha-5

Visita-à-Alemanha-6

Inesquecível?
Oribka: O chão se movendo… Em linha de montagem… Tudo no seu lugar… limpo e branco. O padrão Volkswagen é incrível.

Visita-à-Alemanha-10

Cliente ganha GPS

quarta-feira, maio 14th, 2014

Cliente-ganha-GPS---Adelsio-Detzel

O “Best Drive Volkswagen” na Breitkopf de Brusque e Blumenau é sempre o maior sucesso. Ao fazer o test drive, o cliente recebe um cupom para preencher e concorrer a um GPS H-Buster HBN-4310P. O sortudo do mês de abril foi o marceneiro Adelsio Detzel, comtemplado na concessionária de Brusque. “Ligaram dizendo que fui sorteado, uma maravilha ganhar este prêmio! Já estou usando no meu carro”, diz com satisfação Detzel, que levou para casa TOTALMENTE GRÁTIS o GPS.

Curso para elas

quinta-feira, abril 3rd, 2014

Mecânica-para-mulher-7

Mecânica também é assunto para o sexo feminino. O curso Mecânica Interativa para Mulheres (MIM), da Volkswagen, foi desenvolvido sob medida para as mulheres independentes e modernas. Foi pensando nisso que a Breitkopf Veículos promoveu o MIM, no dia 18 de março, na concessionária de Blumenau. O evento contou com a presença de 33 mulheres, que durante três horas receberam informações sobre mecânica de veículos, trocas de pneus, filtros e óleos. Comentários engraçados como: a oficina é sempre assim limpa ou só limparam hoje?, ou como, fiz o Teste Drive com o UP e fiquei impressionada com a potência do motor!, e ainda:  MEU DEUS! Como esse carro é “inteligente” e a gente nem sabia!, fizeram parte da divertida aula.

MIM  Breitkopf Veículos - Divulgação6

A aposentada Arlete Felski Filander comenta que o curso foi excelente. “Acredito que vez ou outra deva ocorrer outros cursos para o nosso aperfeiçoamento. Foi muito proveitoso mesmo e o instrutor conseguiu cativar as participantes, acarretando novas perguntas sobre automóveis. No fim da aula, não queríamos ir embora”, diz sorridente.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação1

A auxiliar administrativa, Carina Daniela Uber, concorda com Arlete: “Eu nunca tinha participado e achei muito válido. Além de bem organizado, o curso foi muito divertido. Parabéns à equipe organizadora”, acrescenta.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação2

A dona de casa, Fábia Schmidt Goss, e a contabilista aposentada, Márcia Francisca Moreira, afirmam que a participação no MIM foi esclarecedora, interessante e muito produtiva. “Ficou muito claro os erros que eu não posso mais cometer”, diz Márcia.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação3

As clientes foram recebidas com um welcome coffee café de boas-vindas, e no fim do curso receberam rosas e participaram do sorteio de brindes, além de receberem o certificado de participação.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação4

“Nosso objetivo, quando oferecemos este curso, em parceria com a Volkswagen, foi de desmistificar o automóvel para as mulheres. Por meio de um curso rápido e divertido foram repassadas lições importantes sobre o automóvel que até então ficavam restritos ao universo masculino. Ao ver o sorriso e a satisfação estampada no rosto das nossas clientes concluímos que estamos no caminho certo”, diz o diretor de vendas da Breitkopf Veículos, Alceu Peixer Filho.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação5

Confira algumas das principais dicas transmitidas no curso:

O pé esquerdo deve ficar apoiado na embreagem?
Mentira. Manter o pé no pedal prejudica o sistema de embreagem. Aperte a embreagem apenas durante as trocas de marchas. Assim ela dura mais tempo e você pode aproveitar seu Volkswagen de forma mais segura.

É melhor segurar o carro na embreagem nas subidas?
Mentira. Assim você força o disco de embreagem e sente aquele cheiro horrível de queimado. Quando a subida for muito íngreme, use o freio de mão e economize esforço.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação7

Devo verificar o óleo semanalmente?
Verdade. Uma vez por semana, verifique o óleo e garanta o motor rodando macio.

Não há problema em apoiar a mão na manopla do câmbio?
Mentira. É importante dirigir sempre com as duas mãos ao volante. Além de ser mais seguro, evita o desgaste de várias peças do câmbio.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação8É melhor passar com uma roda de cada vez na lombada?

Mentira. De jeito nenhum. Lombada, valeta e quebra-molas devem ser encarados de frente. Assim, você evita a torção da carroceria e aqueles barulhinhos irritantes que podem surgir.

Depois de dar marcha ré, é mais prático engatar a primeira e acelerar em vez de frear?
Mentira. Após engrenar marcha à ré, pare o carro, engate a primeira e saia suavemente.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação9

Quando o carro não ligar, o certo é empurrar para ele “pegar no tranco”?
Mentira. Se seu carro não quer pegar, ele tem algum problema. Se for a bateria, providencie um cabo e ligue em outra bateria com carga. Esse procedimento é vulgarmente chamado de “chupeta”.

Nas descidas, devo manter o carro sempre engatado?
Verdade. Com o carro engatado, você economiza combustível e tem muito mais controle na descida. Deixar o veículo “solto na banguela” é para quem gosta de esbanjar combustível.

Na hora de estacionar, devo encostar o pneu no meio-fio?
Mentira. Procure estacionar a pelo menos 30 centímetros da guia. Essa distância é mais do que suficiente para deixar seu carro seguro, sem danificar pneus ou rodas, além de evitar multas por atrapalhar o tráfego.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação10

Devo passar nos buracos acelerando?
Mentira. Quando não for possível desviar, não acelere e não pise bruscamente no freio. Mostre sua calma, diminua a velocidade sem travar as rodas e, na hora de “cair” no buraco, tire o pé do freio. O carro em movimento absorve melhor o impacto e você continua seu caminho.

Não devo virar o volante com o carro desligado?
Verdade. Você não precisa nem deve fazer força à toa. Mesmo com o motor funcionando, não deixe o volante totalmente virado por mais de 15 segundos. Além de fazer barulho isso pode estragar a bomba da direção hidráulica.

Nunca devo atravessar um trecho alagado quando a água estiver acima dos faróis?
Verdade. Quando estiver diante de um trecho alagado, tente verificar a altura da água observando os carros à sua frente. Caso não sinta segurança, deixe os mais apressados passarem e observe. Se for seguro, acelere suavemente de forma constante e não mude de marcha durante o trecho alagado.

MIM--Breitkopf-Veículos---Divulgação11

 

Preço e ótimo atendimento fazem a diferença na hora da compra na Breitkopf Veículos

sexta-feira, maio 3rd, 2013

Comprar um carro novo é uma conquista e um sonho de muitas pessoas. E para a Sra. Ivone Bonatti, isso se tornou realidade. O modelo em questão adquirido pela cliente foi um Polo Sedan. No dia 25/04 ela esteve na concessionária para retirar o seu novo carro.

O atendimento do vendedor Nelson, segundo Ivone, foi um diferencial que chamou a atenção, pois o vendedor se mostrou prestativo e tirou todas as dúvidas sobre o veículo. Um dos motivos que levou Ivone a adquirir o Polo Sedan, foi pelo fato dele ser mais econômico. “A Volkswagen sempre foi a marca de veículos que eu mais gostei, até pelo fato de que já tive um outro modelo do Polo. E o atendimento na Breitkopf foi nota 10”, diz a cliente.

Para maiores informações sobre os modelos da VW, entre em contato com uma de nossas concessionárias e venha fazer uma visita!

Blumenau – (47)3231-2000 – Rua São Paulo, 2001, Bairro Itoupava Seca

Brusque – (47)3251-0500 – Av. Otto Renaux, 346, Bairro São Luiz

Se preferir, acesse nosso site: www.breitkopf.com.br

“Registramos um crescimento nas vendas de 22%”

segunda-feira, janeiro 14th, 2013

O ano de 2012 fechou com resultados positivos para a Breitkopf Veículos, e um dos fatores que muito contribuiu para o aumento nas vendas (que foi de 22%), foi a redução do IPI. Em entrevista ao Blog da Breitkopf Veículos, o diretor comercial, Alfredo Heinz Breitkopf, comenta sobre como foi o ano de 2012 para a concessionária. Confira:

 

 Você pode fazer um balanço de como foi o ano de 2012 para a Breitkopf Veículos?

O ano de 2012 foi excelente para a Breitkopf, registrando um crescimento nas vendas de 22%, enquanto a média do mercado foi de apenas 5%.

Quais fatores contribuíram para este resultado?

A redução do IPI foi um dos fatores importantes para a obtenção deste resultado em 2012. Fizemos vários investimentos em treinamentos para o nosso time de vendas, certificamos vários vendedores com a Certificação Internacional da Volkswagen o que certamente refletiu na qualidade do nosso atendimento. Investimos também em nosso pós-vendas o que acaba contribuindo também para realização de novos negócios, assim como o prestígio e a confiança demonstrada pelos nossos clientes.

No ano de 2012, a Breitkopf Veículos recebeu a certificação ATC da VW do Brasil, foi considerada uma das 20 melhores concessionárias do Brasil e recebeu também (pela concessionária de Brusque) o reconhecimento com o ITC 3.0 da Volkswagen. Que ações do grupo refletem essas conquistas?

Em 2012 recebemos diversas premiações, com destaque para o ATC (Atenção Total ao Cliente), cujo programa foi implantado em nossa assistência técnica e garante um atendimento nota 10 para os nossos clientes. Esta foi uma das nossas ferramentas de atendimento que nos ajudou a ser considerada uma das 20 melhores concessionárias do Brasil entre as 3700 avaliadas no setor de pós-vendas e a número 1 em Santa Catarina da rede VW. Há algum tempo nos preocupamos muito na formação dos nossos funcionários, com uma programação intensa de treinamentos procurando sempre melhorar o nosso atendimento.

Qual mensagem você deixa para os clientes e amigos da Breitkopf Veículos?

Gostaríamos de agradecer a todos os amigos e clientes da Breitkopf que estiveram conosco em 2012, desejando um ótimo 2013, com muito sucesso, saúde, paz e que todos seus sonhos sejam realizados. Esperamos poder contar com a parceria de todos para 2013, assim como tivemos nestes 57 anos de existência da Breitkopf Veículos.

ENTREVISTA: Alfredo Heinz Breitkopf

segunda-feira, setembro 8th, 2008
Alfredo Breitkopf

Alfredo Heinz Breitkopf

Atual diretor comercial, Alfredo Heinz Breitkopf orgulha-se de ter iniciado no Grupo como office-boy e passado por todos os setores, antes de chegar à direção. Uma escola que ele recomenda para os filhos e sobrinhos, que já atuam nas empresas, em funções operacionais.

Como foi o desafio de assumir uma empresa de tradição, consolidada e que representa uma das maiores marcas do País?

É uma responsabilidade diária manter o sucesso de uma empresa com mais de 50 anos. Eu estou na direção desde o final dos anos 80, mas trabalho desde muito cedo. Acompanhei meu pai durante anos e adotei a mesma linha de gestão dele, com seriedade, honestidade e respeito aos clientes, funcionários e demais pessoas envolvidas em nossos negócios.

E fazendo a empresa crescer…

É verdade. Desde que assumimos, inovamos com a abertura da Audi Breitkopf e depois com a inauguração das filiais, da Audi em Florianópolis e da Volkswagen em Brusque.

A próxima geração já está sendo preparada?

Meus filhos e sobrinhos já estão aprendendo funções básicas e atuando em todos os setores da empresa, para conhecer a fundo o que envolve este negócio. Para mim, esta foi a melhor escola.

ENTREVISTA: Enio Mário Sardagna

domingo, setembro 7th, 2008

“Modernizar é fundamental”

Enio Mário Sardagna

Enio Mário Sardagna

Quando a Audi chegou a Blumenau, o Brasil vendia 700 mil carros ao ano. Hoje fala-se em 3 milhões de unidades. Um quadro que representa um desafio para Enio Mário Sardagna, diretor comercial da Audi Breitkopf. Mesmo assim, a Audi em Santa Catarina se destaca, respondendo por 22% de participação no segmento premium, acima da média nacional, em que a marca detém 18% de share.

A que o senhor atribui este sucesso?

Primeiramente aos atributos dos nossos carros, que são sinônimo de qualidade técnica e de design. Mas também a uma política de relacionamento com os clientes, buscando personalizar o atendimento, promovendo ações criativas, participando de eventos e procurando estar mais próximo deles. Outro fator é a maneira como a Audi desenvolve o pós-venda, dando todo o suporte e estrutura de serviços para seus clientes.

O senhor responde também pela Breitkopf Caminhões. É um outro jeito de atuar?

É um outro público, bem diferente da Audi. O cliente de caminhões decide muito mais pela razão do que pela emoção. Está mais atento a uma relação custo/beneficio. Procura outros atributos, como economia de combustível, custo de manuteção, resistência, capacidade de carga…

Que vocês conseguem suprir…

Felizmente temos correspondido a estas expectativas, o que nos leva a um crescimento espetacular de 25% ao ano no mercado, nos últimos três anos. A Volkswagen detém a liderança no segmento de caminhões, com 32% do mercado.