Posts com a Tag ‘mercado’

MAN Latin America de volta à liderança brasileira em vendas de caminhões

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

 

Pelo 14º ano, a montadora se mantém à frente do mercado acima de 5 toneladas,com 14.207 unidades licenciadas

Pelo 14º ano, a montadora se mantém à frente do mercado acima de 5 toneladas,com 14.207 unidades licenciadas. Antonio-Roberto-Cortes,-presidente-e-CEO-da-MAN-Latin-America

 

A MAN Latin America, fabricante dos caminhões e ônibus Volkswagen e dos cavalos mecânicos MAN está de volta à liderança brasileira em vendas de caminhões. Pelo 14º ano, a montadora se mantém à frente do mercado acima de 5 toneladas,com 14.207 unidades licenciadas de acordo com os números oficiais RENAVAM de 2017: vantagem de 482 unidades sobre  a segunda marca melhor colocada, e um crescimento de 3% em relação ao ano anterior, enquanto o mercado cresceu 2%. Há 11 anos consecutivos, o caminhão mais vendido do país é um Volkswagen. A marca agora crava os três primeiros lugares do ranking, com os modelos Delivery 8.160 (2.407 unidades licenciadas em 2017), 10.160 (2.137 unidades) e Constellation 24.280 6×2 (2.097 unidades). A expectativa para 2018 também é positiva com a ampliação da linha Delivery, com seis novos modelos e a estreia da montadora no disputado nicho de 3,5 toneladas. Menos de três meses após seu lançamento oficial no salão Fenatran em São Paulo (SP), os novos Delivery já se aproximam das 1.000 unidades comercializadas.

 

Fonte: Modulando Online

Caminho da escola

terça-feira, 22 de abril de 2014

Caminho-da-escola-1

A Man Latina América esteve presente na XII Expo FECAM 2014, que ocorreu nos dias 11, 12 e 13 de fevereiro, no Centro Sul Florianópolis, para apresentar o projeto do Ônibus Caminho da Escola. O evento, que ocorre anualmente, reúne prefeitos, vereadores, secretários municipais e colaboradores. O espaço traz oportunidades e ferramentas de desenvolvimento e tecnologia na área da gestão pública municipal.

O gerente de vendas da Breitkopf, Nelson Baungartner, comenta que participar do evento foi uma ótima oportunidade. “Foi uma ocasião muito especial para apresentamos o ônibus do Projeto Caminho da Escola, além de trocamos ideias com pessoas relacionadas ao mercado”, diz.

Caminho-da-escola-2

MAN prevê crescimento do mercado de caminhões entre 5% e 10% em 2014

terça-feira, 5 de novembro de 2013

Notícia-Valor-Econômico-S.A.

O presidente do grupo MAN na América Latina, Roberto Cortes, projetou no início do mês de outubro um crescimento na faixa de 5% a 10% do mercado de caminhões para o ano que vem.

Segundo ele, as vendas desses veículos, que caminham para fechar 2013 com alta de 10%, num total de 150 mil unidades, tendem a mostrar taxas de crescimento mais conservadoras em 2014.

Contudo, o executivo acredita que o mercado poderá repetir a taxa de crescimento de dois dígitos se houver uma combinação favorável de fatores – entre safra recorde no agronegócio, manutenção de taxas reduzidas nos financiamentos de bens de capital, a retomada dos investimentos em infraestrutura e um programa nacional de renovação de frotas. “Se tudo isso funcionar, podemos até crescer 10%”, disse o executivo, que, com a linha de veículos comerciais da marca Volkswagen, comanda a maior fabricante de caminhões do país.

Fonte: Valor Econômico S.A.

Mercado de caminhões deve crescer de 8% a 10%

terça-feira, 1 de outubro de 2013

mercadodecaminhoes

Impulsionado, entre outros fatores, por condições atrativas de financiamento e pelo aquecimento das vendas em segmentos como a área agrícola, o mercado de caminhões deve crescer neste ano de 8% a 10% em relação ao volume comercializado no País em 2012. Esta é a previsão de representantes do setor, que seguem otimistas, apesar de incertezas no cenário da economia.

O segmento vem de retomada, depois de forte freada nos resultados no ano passado, quando foram introduzidas mudanças na tecnologia veicular, com a entrada em vigor de novas normas de emissão de poluentes (o Proconve 7, similar à legislação europeia Euro 5).

As alterações na lei encareceram esses veículos e levaram muitas transportadoras a antecipar compras em 2011, o que derrubou em 40% a produção e em 20% as vendas do setor no ano seguinte.

Porém, isso ficou para trás. Desde abril de 2012, os frotistas não têm mais a opção de adquirir caminhões zero-quilômetro com a tecnologia anterior às novas regras de emissão. Além disso, no segundo semestre do ano passado, o governo federal adotou taxa bem atrativa (2,5% ao ano) para o PSI-Finame, do BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) para veículos pesados. A taxa dessa linha de crédito subiu ao longo deste ano – para 3% no primeiro semestre e 4% no segundo –, mas segue atraente. Afinal, são juros negativos, ou seja, ficam abaixo da inflação.

O setor se mobiliza para que o governo estenda as condições favoráveis do financiamento em 2014. Isso porque o PSI-Finame se encerra em dezembro e, depois, a taxa do BNDES deve subir. Porém,  quem não se apressar em fechar negócios e deixar a compra para dezembro corre o risco de perder os juros atrativos e a carência de três meses estabelecida nas regras dessa linha especial de crédito.

Fonte: Diário do Grande ABC

“Nossa expectativa é de crescimento na ordem de 10%”

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

O ano de 2012 não foi dos melhores para o mercado de caminhões no Brasil. Houve algumas quedas nas vendas, porém, foi o segundo melhor ano, perdendo apenas para 2011. O diretor da Breitkopf Caminhões, Ênio Mario Sardagna, em entrevista ao Blog da Breitkopf Caminhões, conta como foi o ano de 2012 e quais são as expectativas para 2013.

 

Como foi o ano de 2012 para a Breitkopf Caminhões?

O mercado de caminhões foi prejudicado por vários fatores nesse ano de 2012, em especial com a baixa predisposição dos bancos na aprovação de crédito. Isso fez com que o mercado caísse em torno de 20% com relação a 2011. Ainda assim, 2012 foi o segundo melhor ano da indústria de caminhões no País, perdendo apenas para 2011.

Em relação ao ano anterior, qual foi o crescimento de vendas registrado?

O mercado caiu de 175 mil unidades para 145 mil unidades

Quais são as expectativas para a Breitkopf Caminhões em 2013?

Nossa expectativa é de crescimento na ordem de 10% sobre as  vendas realizadas em 2012.

Quais são os lançamentos que os clientes da Breitkopf Caminhões irão conhecer em 2013?

A VWCO lançou no final do ano passado o extra pesado MAN TGX 440 6×4 e para este ano lança a versão 6×2. Estamos trabalhando fortemente para alcançar índices de nacionalização do produto o que trará o benefício para homologar o caminhão no BNDES e assim obtermos o financiamento via FINAME. Lançamos também o novo 24.280 com motorização EURO V e hoje já é o caminhão mais vendido no mercado, o que demonstra a confiança no produto pela qualidade técnica e pela excelência no  atendimento junto ao cliente.

Qual mensagem você deixa para os clientes e amigos da Breitkopf Caminhões?

Quero desejar a todos um excelente e produtivo ano. Que possamos juntos renovar os nossos compromissos pessoais e profissionais, que todos mantenhamos o otimismo e boas perspectivas futuras tanto no campo pessoal, no campo profissional e com o nosso querido Brasil.