Arquivo da Categoria ‘Geral’

Breitkopf apresenta produto diferenciado em consórcio para caminhões

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

 

 

A Volkswagen disponibiliza diversos modelos de caminhões

A Volkswagen disponibiliza diversos modelos de caminhões

 

Com a menor taxa de administração no mercado catarinense e mais flexibilização para aprovação do crédito, o consórcio de caminhões da Breitkopf, lançado no ano passado, está sendo considerado um sucesso. O gerente comercial da Breitkopf, Adelson Candeo, diz que o produto é resultado de muitas pesquisas. “Avaliamos o que havia de melhor em cada um dos planos já existentes e criamos um produto diferenciado, que atende as necessidades dos nossos clientes”, enfatiza.

Entre os diferenciais está também que o grupo é exclusivo para Santa Catarina. Em um grupo menor, há mais chances de contemplação mais rápida. Além de contar com diversos modelos de caminhões da Volkswagen e a credibilidade da Breitkopf, com mais de 60 anos de mercado. O produto deu tão certo que, nos meses de novembro e dezembro do ano passado, a empresa registrou os maiores faturamentos em consórcios dos últimos anos.

Segmento de Consórcios conseguiu se reinventar em um 2020 desafiador

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

 

Consórcio é sempre um bom investimento

Consórcio é sempre um bom investimento

Planejamento tem tudo a ver com o setor de consórcios e é fundamental em qualquer negócio. Porém, nenhuma atividade econômica está imune a situações inesperadas, como a pandemia da Covid-19 em 2020. Assim como diversas atividades econômicas, o consórcio também foi impactado. Porém, mesmo assim, foi um dos segmentos que apresentou crescimento em 2020.

Nos meses de março e abril, primeiros momentos da crise, houve queda nas vendas. Porém, rapidamente o segmento se reinventou e se adaptou ao novo momento, o que garantiu um 2020 com crescimento de 4% em vendas de novas cotas acumuladas, batendo recorde dos últimos 10 anos.

Uma das medidas para ajudar os consorciados, foi o pleito da Associação Brasileira de Administração de Consórcios (ABAC) junto ao Banco Central para que os consorciados contemplados e com todas as parcelas quitadas pudessem, a critério da administradora, retirar o crédito em dinheiro, sem necessidade de esperar o prazo de 180 dias a partir da data de contemplação, mantendo assim a liquidez da economia. Além disso, as equipes se mobilizaram rapidamente para atender seus clientes na modalidade de teletrabalho e as administradoras tomaram medidas para mostrar que o consórcio continuava sendo um bom investimento. Com tudo isso, a expectativa para 2021 é de crescimento no segmento.

Consórcio para casa própria

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

 

Com o consórcio fica mais fácil adquirir a casa própria

Com o consórcio fica mais fácil adquirir a casa própria

 

Para muitas pessoas, comprar a casa própria tem deixado de ser apenas um sonho graças ao consórcio. Essa é a opção de aquisição mais certeira para quem não tem o dinheiro para entrada em um financiamento e não quer pagar juros absurdos.

Confira algumas vantagens do consórcio para adquirir o seu lar:

  • Sem cobrança de juros, apenas taxa de administração;
  • Sem valor de entrada, nem de aportes quando é contemplado;
  • Mensalidades que cabem no bolso. Com um planejamento a longo prazo, fica mais fácil pagar pelo sonho da casa própria;
  • Sem surpresas. Ao contratar um consórcio, você sabe exatamente o quanto pagará por suas parcelas, sem juros embutidos;
  • Com a carta de crédito, é possível comprar um imóvel novo ou usado e residencial ou comercial;
  • A carta de crédito pode ser no valor total do bem ou parte do valor;
  • A análise do cliente costuma ser mais rápida e flexível que em outros modelos de compra, facilitando para profissionais autônomos que não tem renda fixa;
  • O FGTS pode ser utilizado para dar lance, amortização ou quitação das parcelas;
  • Com a rentabilidade do aluguel, é possível pagar as parcelas e continuar comprando novas cartas de crédito.

Que 2021 venha cheio de fé e esperança

segunda-feira, 21 de dezembro de 2020

É tempo de renovar nossa fé. Tempo de rever nossos conceitos e de refletir sobre o ano que passou. Tivemos um 2020 completamente fora do que esperávamos, onde nossa capacidade de resiliência foi testada de todas as maneiras. Por isso, nós, do Grupo Breitkopf, desejamos que todos tenham um Natal de muita luz, com harmonia e saúde. Rogamos forças para que vençamos as dificuldades que ainda estão por vir em 2021. Mas, sempre na certeza de dias melhores!

Um feliz Natal e um abençoado 2021!

 

Horário especial!

O Grupo Breitkopf está com horário diferenciado para o final do ano. Confira o horário:

Dia 24/12 – 8 às 12h

Dias 25, 26 e 27 – fechado

Dias 28, 29 e 30 – horário normal, das 8 às 18h30min

Dias 31, 01, 02 e 03 – fechado

Qual o primeiro passo para a realização de um sonho?

sexta-feira, 27 de novembro de 2020
Com planejamento é possível comprar bens com valores maiores e com parcelas que cabem no bolso

Com planejamento é possível comprar bens com valores maiores e com parcelas que cabem no bolso

O primeiro passo para a realização de um sonho é o planejamento. E, nada melhor, quando não se tem pressa, do que fazer um consórcio para adquirir o bem desejado. E os brasileiros, aos poucos, estão descobrindo que essa é a melhor modalidade para adquirir bens com valores maiores. Tanto que, no primeiro semestre, os consórcios representaram 7,3 do PIB semestral. E, em setembro, novamente bateram recordes de adesões.

Com as taxas de juros elevadas, o financiamento se torna uma opção cada vez mais pesada no bolso do brasileiro. E esse é o grande diferencial do consórcio, que oferece juros zero, com apenas uma taxa administrativa, que é diluída no total de parcelas. Além disso, existe menos burocracia ao comprar um consórcio. A análise de crédito, mais rigorosa, acontece apenas na contemplação. Além disso, o consórcio representa um investimento, visto que o valor da carta de crédito acompanha o índice do segmento contratado, que pode ser o INCC para imóveis e o IPCA para automóveis e serviços. E o melhor, quando você é contemplado, recebe a carta de crédito para comprar o bem à vista, conseguindo uma melhor negociação.

Cuidados ao comprar um consórcio

sexta-feira, 27 de novembro de 2020
Para não ter dor de cabeça, é necessário buscar informações sobre a empresa e o vendedor antes de assinar o contrato

Para não ter dor de cabeça, é necessário buscar informações sobre a empresa e o vendedor antes de assinar o contrato

Muitas pessoas querem fazer um consórcio, mas não têm muitas informações e ficam com medo de perder dinheiro. Atualmente, já há mais de 5 milhões de brasileiros ativos nessa modalidade de compra programada. É preciso ter cuidado, pois não é qualquer empresa que merece sua confiança. Por isso, preparamos uma listinha com os quatro principais cuidados que o consumidor deve ter ao escolher a empresa onde fará seu consórcio.

  • Certifique a credibilidade e regularidade: faça uma consulta no Banco Central para verificar se a empresa está autorizada a funcionar como administradora de consórcios. No site do Banco Central também é possível verificar a reputação da empresa.
  • Conheça a história da empresa: existem muitas empresas oferecendo consórcio, mas sem muita tradição. É necessário verificar quanto tempo a empresa está no mercado e conversar com pessoas que já tenham sido contempladas para ver se deu tudo certo.
  • Vendedor: Verifique se ele é autorizado a vender consórcios da empresa que está te oferecendo. Verifique também se ele tem amplo conhecimento das regras. Duvide de promessas de lances muito baixos ou até de contemplação garantida.
  • Busque o máximo de informações antes de fechar o negócio: Esclareça todas as suas dúvidas. Optou pelo negócio, leia mais atentamente ainda o contrato, com as especificações do produto, prazos, possíveis reajustes, formas de contemplação, exigências. Tudo que o vendedor prometeu tem que estar no contrato.

Primeiro semestre foi positivo para administradoras de consórcios

quinta-feira, 10 de setembro de 2020
O consórcio ainda é a melhor opção para se adquirir bens

O consórcio ainda é a melhor opção para se adquirir bens

O primeiro semestre de 2020, apesar da pandemia, foi positivo para as administradoras de consórcios. Essa modalidade ainda continua sendo a melhor para adquirir bens com taxas mais atrativas. O volume de novos participantes atingiu 1,26 milhão de pessoas. Ao adotarem o mecanismo, essas pessoas confirmam que a compra compartilhada, feita a partir de planejamento financeiro, é o melhor caminho para adquirir bens ou contratar serviços.

A grande procura por essa modalidade, na pandemia, demonstrou que o consórcio, criação brasileira, é a alternativa mais simples e econômica para reativar as atividades depois de períodos de crises econômicas. No encerramento do semestre, os negócios decorrentes das vendas de novas cotas alcançaram, em todo o Brasil e na soma de todas as administradoras de consórcios, R$ 61,26 bilhões, resultado semelhante ao do segundo semestre de 2019. O destaque foi das adesões em junho, com 243,10 mil cotas comercializadas, praticamente se igualou às 245,66 mil de fevereiro, antes da pandemia. Ficou, ainda, 39,8% acima das 173,83 mil verificados em maio.

De acordo com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), o momento atípico vivenciado pelos brasileiros provocou nas administradoras de consórcios a busca veloz às adequações, focando mais na agilidade para as práticas comerciais e administrativas, apoiadas na tecnologia aplicada no trabalho, especialmente os profissionais em home-office. Com isso, os clientes passaram a elogiar a rapidez nos atendimentos.

Fonte: texto adaptado de material da ABAC

Segurança, economia e lucro ao comprar uma carta de consórcio

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

 

Em alguns casos, a economia, ao comprar um consórcio, pode chegar a 40%, se comparado ao financiamento

Em alguns casos, a economia, ao comprar um consórcio, pode chegar a 40%, se comparado ao financiamento

 

Comprar uma cota de consórcio é uma ótima opção para quem precisa de crédito com o objetivo de ter o tão sonhado carro próprio ou outro bem. Entre as principais vantagens está fugir das altas taxas de juros cobradas pelos financiamentos. Uma das formas de agilizar o processo é com os lances, que podem ser livre ou fixo. Além disso, há os sorteios mensais.

Os consórcios também representam uma alternativa de investimento, visto que muitas pessoas compram para vender a carta depois de contemplada. Ao vender a carta, o investidor ganha uma margem de lucro, visto que ela vale mais por estar contemplada, e o adquirente continua pagando as parcelas. Dependendo do bem, o consórcio pode representar uma economia de até 40% em relação ao financiamento.

Consorciados estão fazendo seguros apreensivos com as adversidades pós-pandemia

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

 

Com a pandemia, aumentou o número de pessoas contratando seguros

Com a pandemia, aumentou o número de pessoas contratando seguros

As incertezas provocadas pena pandemia e as adversidades econômicas, que ainda estão por vir, ampliaram a procura do seguro prestamista entre os clientes de consórcios. Quando observado por segmento, percebe-se que os clientes de consórcio de automóveis são os que mais procuraram a proteção. A maior procura por esse tipo de seguro é devido a insegurança trazida com a pandemia e o medo que as pessoas estão de perder o emprego e não ter como pagar as prestações. Nesse cenário, as pessoas perceberam que o seguro prestamista é um excelente aliado, já que pode garantir o pagamento total ou parcial das mensalidades restantes.

Teve sua carta de crédito contemplada? Veja como funciona a contemplação

segunda-feira, 2 de março de 2020

 

Nessa ocasião, o consorciado recebe a carta de crédito e pode, finalmente, adquirir seu imóvel ou veículo

Nessa ocasião, o consorciado recebe a carta de crédito e pode, finalmente, adquirir seu imóvel ou veículo

O momento “mágico” de um consórcio é quando o consorciado é sorteado ou consegue dar um lance maior. Nessa ocasião, ele recebe a carta de crédito e pode, finalmente, adquirir seu imóvel ou veículo.

Com a carta de crédito contemplada o consorciado compra à vista o bem que almeja, podendo negociar algum desconto com o vendedor. Quer saber mais sobre como funciona a contemplação?

Conheça as formas de contemplação

Em um consórcio, existem duas formas de contemplação. A primeira corresponde aos sorteios, que são realizados mensalmente durante a assembleia ordinária. Todos os consorciados concorrem em iguais condições desde que estejam com suas parcelas pontualmente pagas.

A segunda forma de contemplação é o lance. Nesse caso, o consorciado precisa antecipar as parcelas, portanto não é obrigatória sua participação nos lances, que também acontecem mensalmente durante as assembleias ordinárias. O consorciado só participa se puder e quiser.

Os lances podem ser fixos ou livres. No fixos, um percentual é estipulado para ser possível concorrer. Por exemplo, 30% da carta de crédito. Todos os consorciados que puderem (e quiserem) ofertar esse percentual concorrem à carta de crédito (geralmente, é feito um sorteio envolvendo somente essas pessoas).

O lance livre é livre, ou seja, cada pessoa oferta o que quiser a partir de um valor mínimo definido pela administradora do consórcio.

Há também a possibilidade de dar lances embutidos. Um percentual da própria carta de crédito é ofertado como lance — uma oportunidade para quem não tem muito dinheiro disponível.

Saiba como usar a carta de crédito contemplada

Sendo sorteado ou dando o maior lance, o consorciado recebe a carta de crédito contemplada. Ele pode usá-la para comprar o bem que quiser, desde que esteja enquadrado na mesma categoria do bem ofertado.

Assim, se ele está participando de um consórcio de imóveis poderá comprar qualquer tipo de imóvel, novo ou usado: casa, apartamento, chácara, estabelecimento comercial, terreno — poderá mesmo fazer uma reforma ou construir seu imóvel.

Se estiver participando de um consórcio de veículos, poderá comprar qualquer veículo: automóvel, moto, utilitário, caminhão. Devido às diferenças de preços, as administradoras costumam oferecer consórcio de veículos em subcategorias, como de carros, veículos pesados e assim por diante.

Entenda como funciona o pagamento

O consorciado poderá comprar um bem mais caro ou até mais barato. No primeiro caso, deverá completar o que falta. Se for um imóvel residencial, poderá usar o FGTS, se quiser. Se for mais barato, deverá usar o saldo para ajudar a quitar as parcelas restantes do consórcio.

É permitido também usar 10% do valor da carta para cobrir despesas com o bem, como a escritura e o registro do imóvel, pagamento do IPTU, do seguro, licenciamento e emplacamento do carro.

Fique ciente de que o consorciado não recebe dinheiro em espécie. Quem paga o vendedor é a própria administradora, geralmente por meio de depósito/transferência em conta corrente.

Mesmo depois de ter recebido a carta de crédito contemplada, é necessário continuar pagando as parcelas do consórcio até o final. Caso não o faça, a administradora pode recorrer à Justiça para tomar o bem que já foi comprado; se o consorciado ainda não tiver usado a carta, o dinheiro ficará bloqueado.