Posts com a Tag ‘2020’

O que esperar do mercado de consórcio para 2020

segunda-feira, 2 de março de 2020

 

Pela ótica do Banco Central, as expectativas são excelentes, além de extremamente favoráveis para o sistema

Pela ótica do Banco Central, as expectativas são excelentes, além de extremamente favoráveis para o sistema

Mesmo com um ano de 2019 cheio de incertezas, o sistema de consórcio mais uma vez registrou, até novembro, crescimento nos negócios, atingindo R$ 121,50 bilhões, 26,1% acima dos R$ 96,32 bilhões de 2018, segundo a ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios). A entrada de novos participantes somou 2,63 milhões (jan-nov/2019), 11,4% maior que os 2,36 milhões do ano anterior.

Pela ótica do Banco Central, as expectativas para 2020 são excelentes, além de extremamente favoráveis para o sistema. A organização aponta demandas crescentes, com destaque para a ascensão do PIB, lado a lado com as tendências de alta do Consumo das Famílias.

As administradoras enxergam o cenário econômico com positividade. A queda dos juros é um dos grandes responsáveis pelo clima otimista. Afinal, juros mais baixos representam parcelas mais acessíveis e, consequentemente, uma parte da população que ainda não cogitava adquirir bens desperta para a possibilidade de investir na aquisição, com destaque para a casa própria, que surge como o principal bem de interesse. No entanto, com o aumento da procura, não há credito disponível suficiente para atender a demanda. Resultado: o banco restringe a liberação, sendo mais criterioso na análise, o que pode impactar em um acesso ainda mais difícil por conta da burocracia. Neste cenário, o consórcio surge como uma opção acessível para a obtenção de crédito.

Se em 2019, a modalidade de veículos leves e motocicletas responderam por mais de 2 milhões de adesões, a expectativa para 2020 é ainda maior. Mesmo segurando a troca do carro ou a compra do imóvel receoso pela economia, o brasileiro investiu, e muito.

As expectativas influenciam para que uma das grandes apostas das administradoras de consórcio seja o investimento comercializado no meio digital. Assim como os bancos, as administradoras têm buscado soluções com mais tecnologia, oferecendo taxas menores aos clientes que já buscam 100% do atendimento on-line.

339

Fonte: istoedinheiro.com.br