Posts com a Tag ‘mercado’

O que esperar do mercado de consórcio para 2020

segunda-feira, 2 de março de 2020

 

Pela ótica do Banco Central, as expectativas são excelentes, além de extremamente favoráveis para o sistema

Pela ótica do Banco Central, as expectativas são excelentes, além de extremamente favoráveis para o sistema

Mesmo com um ano de 2019 cheio de incertezas, o sistema de consórcio mais uma vez registrou, até novembro, crescimento nos negócios, atingindo R$ 121,50 bilhões, 26,1% acima dos R$ 96,32 bilhões de 2018, segundo a ABAC (Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios). A entrada de novos participantes somou 2,63 milhões (jan-nov/2019), 11,4% maior que os 2,36 milhões do ano anterior.

Pela ótica do Banco Central, as expectativas para 2020 são excelentes, além de extremamente favoráveis para o sistema. A organização aponta demandas crescentes, com destaque para a ascensão do PIB, lado a lado com as tendências de alta do Consumo das Famílias.

As administradoras enxergam o cenário econômico com positividade. A queda dos juros é um dos grandes responsáveis pelo clima otimista. Afinal, juros mais baixos representam parcelas mais acessíveis e, consequentemente, uma parte da população que ainda não cogitava adquirir bens desperta para a possibilidade de investir na aquisição, com destaque para a casa própria, que surge como o principal bem de interesse. No entanto, com o aumento da procura, não há credito disponível suficiente para atender a demanda. Resultado: o banco restringe a liberação, sendo mais criterioso na análise, o que pode impactar em um acesso ainda mais difícil por conta da burocracia. Neste cenário, o consórcio surge como uma opção acessível para a obtenção de crédito.

Se em 2019, a modalidade de veículos leves e motocicletas responderam por mais de 2 milhões de adesões, a expectativa para 2020 é ainda maior. Mesmo segurando a troca do carro ou a compra do imóvel receoso pela economia, o brasileiro investiu, e muito.

As expectativas influenciam para que uma das grandes apostas das administradoras de consórcio seja o investimento comercializado no meio digital. Assim como os bancos, as administradoras têm buscado soluções com mais tecnologia, oferecendo taxas menores aos clientes que já buscam 100% do atendimento on-line.

339

Fonte: istoedinheiro.com.br

 

Setor de consórcio ultrapassa 2 milhões de adesões

segunda-feira, 25 de março de 2019

 

Com o mercado aquecido, cresce otimismo para 2019

Com o mercado aquecido, cresce otimismo para 2019

 

Segundo dados da Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), entre janeiro e outubro de 2018 as contemplações se aproximaram de um milhão e os negócios superaram a casa dos R$ 85 bilhões.  Nos primeiros onze meses de 2018, o segmento de consórcio apontou um crescimento nas vendas de novas contas ao atingir 2,36 milhões de adesões, um crescimento de 8,3% em relação ao mesmo período de 2017.

O ICEI – Índice de Confiança do Empresário Industrial, da Confederação Nacional da Indústria, alcançou 63,02 pontos no último mês de novembro. Com esses indicadores reforçando a retomada da economia, a tendência é de que o consumidor volte a se planejar para fazer novos investimentos.

Fonte: abac.org.br

Consórcios não param de crescer

quarta-feira, 22 de abril de 2009

Em janeiro de 2009, o crescimento no número de associados em consórcios foi de 5,4% frente ao mesmo período do ano passado. Segundo dados da Associação Brasileira de Administradores de Consórcios (Abac), 3,65 milhões de pessoas foram somadas ao sistema no país, maior número dos últimos quatro anos. “Esse número é relevante, principalmente dada a falta de confiança do mercado, o que teoricamente restringiria o consumo”, afirmou o presidente da Associação, Rodolfo Montosa.

A realidade do setor caminha no sentido contrário à crise. No primeiro mês do ano as vendas de novas cotas tiveram alta de 4,1%, passando de 136 mil para 141,7 mil na comparação anual. Quanto ao número de contemplações, a alta foi de 18,6%, saindo de 63,8 mil para 75,7 mil no período.

O setor que teve o melhor desempenho no mês foi o de veículos automotores em geral, com alta de 26,1% em bases anuais, somando 66,4 mil contemplações. Dentro dele, o segmento de motocicletas e motos foi o destaque do período, com crescimento de 40,3% nas contemplações, somando 48,7 mil em janeiro.

Outra evidência de que o sistema de consórcio está se saindo bem é o crescimento no número de comercialização média de cotas. De janeiro a setembro de 2008 foram registradas 142,462 mil comercializações. Já no último trimestre de 2008, quando a crise já estava instalada, a venda de cotas chegou a 167,077 mil.

Segundo a avaliação da Abac, em 2009 deve crescer em 8% o número de participantes ativos do sistema de consórcios. “Acreditamos que neste ano teremos ainda o impacto positivo da nova Lei dos Consórcios, que flexibilizará nossos negócios e incentivará a criação de novos produtos”, afirmou o dirigente da Associação, citando a lei aprovada pelo Congresso, que deve eliminar as incertezas jurídicas por incluir novas regras.

2008

O balanço dos consórcios em 2008 apresentou crescimento recorde. Em dezembro, o total de participantes somou 3,64 milhões, 5,4% a mais que os 3,45 milhões registrados no mesmo período um ano antes. As contemplações também cresceram 4,1% no ano passado e saltaram de 787,5 mil (jan-dez/2007) para 820 mil (jan-dez/2008).

Com isso o consórcio surge como boa opção para aquisição do imóvel por meio de compra parcelada. Enquanto aguarda a contemplação e paga prestações sem juros, o cliente pode continuar sua busca pelo imóvel desejado. As assembleias são mensais e, quando contemplado, o consumidor receberá os valores pagos reajustados.

Fonte: Portal comuniWeb, Valor Online