Posts com a Tag ‘sistema’

Mercado de consórcios bate recorde no Brasil

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

 

Consórcio-Pauta-3-(1)

Sistema atingiu 2,11 milhões de novas cotas

 

Pelo nono mês consecutivo, o sistema de consórcios fechou com novo recorde, atingindo 2,11 milhões de novas cotas. De acordo com a Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios (ABAC), de janeiro a setembro deste ano, registrou-se alta de 12,23% sobre o mesmo período do ano passado. O ticket médio das cotas vendidos no mês de setembro é de R$ 49,14 mil.

Em todo o país, os créditos concedidos aos contemplados, entre janeiro e setembro deste ano, somaram R$ 31,10 bilhões, 2,84% superior aos dados do ano passado. O acumulado de contemplações chegou a quase um milhão, batendo na casa de R$ 908,77 mil.

Para Paulo Roberto Rossi, presidente executivo da ABAC , “o crescimento das adesões ao mecanismo, que ultrapassaram dois milhões, resulta da ampliação e da consolidação de maior conhecimento da essência da educação financeira dos consumidores, por meio de um comportamento cada vez mais consciente sobre planejamento de suas finanças pessoais, quando pretendem adquirir bens ou contratar serviços. O consórcio não apenas viabiliza o objetivo desejado, mas proporciona também economia com custos finais mais adequados e possibilidade de pagamento de parcelas dentro dos orçamentos, em virtude de prazos mais longos”, explica.

 

Fonte: abac.org.br

8% de aumento no trimestre

terça-feira, 19 de maio de 2015

aumento

O consumidor brasileiro tem aproveitado o atual momento econômico para aderir ao Sistema de Consórcios. O número de adesões registrado em março, fim do primeiro trimestre, mostrou crescimento de 6,9% em relação ao de fevereiro e 1% sobre o de janeiro, com o acumulado do período, alcançando 588 mil novas cotas.

O crescimento mensal sinalizou aproximação da estabilidade na procura pelo mecanismo, que provocou aumento de 8,2% no número de participantes ativos. Na comparação entre os primeiros trimestres deste ano e o do passado, chegou a 6,35 milhões de consorciados, novamente recorde histórico, contra os 5,87 milhões anteriores. As contemplações, momentos que possibilitam a realização de sonhos e objetivos dos participantes relacionados à aquisição de bens e serviços, acumularam 357,7 mil (jan-mar/2015), 8,2% mais do que as 330,7 mil passadas (jan-mar/2014).

Os créditos disponibilizados, relativos às contemplações nos três primeiros meses do ano, somaram R$ 10,19 bilhões, 12,2% mais do que os R$ 9,08 bilhões dos mesmos meses de 2014. Paralelamente, os créditos resultantes das cotas comercializadas foram 5% maiores nesse mesmo período de 2015, em comparação a 2014, quando somaram R$ 20,7 bilhões contra R$ 19,7 bilhões.

Fonte: ABAC

Precisa quitar um financiamento? Consórcio pode ser a solução

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

finan

Desde 2009, quando a lei que regulamenta o sistema de consórcio sofreu alterações, o negócio pode ser utilizado para quitar financiamento. Apesar de completar três anos da mudança na lei em fevereiro deste ano, muitas pessoas ainda não conhecem as vantagens que o sistema oferece.

Para utilizar o consórcio como alternativa de quitar um financiamento, o bem financiado deve ser o mesmo do consórcio e estar no nome do mesmo comprador. Além disso, o valor só poderá ser utilizado se for suficiente para a quitação total do financiamento.

A dica para quem foi contemplado em um consórcio é verificar o contrato de financiamento e as condições para a quitação. Quando o financiamento é finalizado antes do prazo pode-se reduzir os encargos embutidos nele. Como o sistema de consórcio tem caráter de poupança obrigatória e não tem juros, esta é uma opção escolhida cada vez mais pelos brasileiros.

Outro fator importante do sistema depois da alteração da legislação é a segurança que os consorciados têm. Antes, caso desistisse da cota, o consorciado precisava vendê-la ou esperar o final do grupo para receber o dinheiro. Após a nova lei entrar em vigor, os desistentes continuam participando dos sorteios e quando contemplados podem receber as parcelas.

Quem faz Consórcio Poupa mais

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

materia02_01

O sistema de Consórcio é responsável por plantar nos brasileiros o hábito de poupar. Enquanto a caderneta de poupança arrecadou R$ 235 bilhões através de 78 milhões de correntistas, o sistema de consórcio arrecadouR$ 27 bilhões com apenas 2 milhões de contemplados.

Através do sistema de consórcio, os brasileiros poupam 4,5 vezes mais do que na caderneta de poupança. Isso se dá através do compromisso que os contemplados assumem de destinar parte de seus recursos mensais para poupar.

Por se tratar de uma opção simples e segura para qem deseja poupar e investir, o sistema de consórcio registrou, só no  período de janeiro a agosto de 2011 foram vendidas 1,69 minhões de novas cotas. Além de poupar dinheiro, no consórcio pode-se investir em bens duráveis, bens imóveis e bens de produção.

O Consórcio Breitkopf oferece oportunidades tanto no setor automotivo quanto nos segmentos de imóveis. Com diversas vantagens, melhor preço e nenor taxa do mercado,  a empresa tem matriz em Blumenau e filiais nas cidades de Itajaí, Brusque, Balneário Camboriú, Jaraguá do Sul e Joinville. Também contamos com representantes nas cidades de Gaspar, Florianópolis, Chapecó, Timbó, Indaial,  Presidente Getúlio, Ibirama, Barra Velha, Brusque, Atalanta, Luiz Alves e Massaranduba.

Fuja dos juros

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

Fuja dos juros

Fim de ano é tempo de realizar sonhos. E um dos que não saem da cabeça dos brasileiros é a compra da casa própria. Se você faz parte do time que tem pavor de juros e gosta de saber exatamente quanto vai pagar por um bem, o consórcio é a melhor opção. Com ele, é possível não apenas comprar, mas reformar, ampliar e construir um imóvel. Sem falar na possibilidade de adquirir um terreno para erguer um lar sob medida para sua família.

Em linhas gerais, o consórcio é um sistema de compra parcelada e programada de um bem. O valor que seria pago à vista é dividido por um prazo determinado. Como várias pessoas pagam a parcela ao mesmo tempo, o dinheiro arrecadado pelo grupo é transformado mensalmente em uma ou mais cartas de crédito, entregues aos participantes por sorteio ou lance. O pagamento das parcelas só termina quando todos os consorciados recebem o crédito para comprar seu bem.

“A principal vantagem do consórcio é a total ausência de juros sobre as parcelas e sobre o saldo devedor”, explica Luiz Fernando Savian, presidente da regional São Paulo da Associação Brasileira das Administradoras de Consórcios (Abac). “O produto é ótimo principalmente para que não tem necessidade de adquirir um bem imediatamente ou não pode fazer isso à vista”. Enquadram-se nesse perfil pessoas que estão de olho em um segundo imóvel, pensam em ajudar os filhos a ter seu próprio teto, querem casar ou simplesmente gostam de investir no mercado imobiliário.

Até agosto, 529,5 mil brasileiros participam ativamente de algum consórcio imobiliário. Apesar de o produto ser acessível a todos os públicos, a maioria dos consorciados  pertencem as classes A e B. Um dado curioso: as mulheres já respondem por 40% da carteira e há um aumento expressivo do número de jovens entre 20 e 29 anos que decidem comprar a casa própria com a ajuda do produto. Segundo a Abac, o número praticamente duplicou, saltando de 8% para 15% nos últimos três anos. “É um sinal de que nossa juventude está preocupada com seu patrimônio”, analisa Savian. Hoje, o mercado de consórcios responde por cerca de 25% dos imóveis financiados no Brasil.

Fonte: Diário do Grande ABC