Posts Tagged ‘Sedã’

Esportividade, conectividade e design

segunda-feira, março 2nd, 2020
Virtus é o 1º sedã a receber sigla esportiva GTS. Modelo traz ótimo desempenho e alto nível de equipamentos

Virtus é o 1º sedã a receber sigla esportiva GTS. Modelo traz ótimo desempenho e alto nível de equipamentos

O primeiro sedã Volkswagen a receber a lendária sigla que designa modelos esporte no Brasil, o Virtus GTS combina esportividade, conectividade e design especial. O sedã chega este mês às mais de 500 concessionárias da marca com preço a partir de R$ 104.940. Não foi à toa que o Virtus se tornou o primeiro sedã Volkswagen a ostentar a insígnia GTS. Desde seu lançamento, em 2018, o modelo venceu diversas premiações e quase 30 comparativos publicados na imprensa brasileira.

Fabricado sobre a Estratégia Modular MQB, o Virtus é uma referência em excelência de dirigibilidade, conforto, segurança e alto nível de equipamentos, acrescentando à sua lista de predicados a esportividade.

A versão esportiva do Virtus é equipada com o motor 250 TSI (1,4 litro, 150 cv e 250 Nm de torque com etanol ou gasolina), combinado ao câmbio automático de seis marchas AQ 250. Esse conjunto mecânico dá ao Virtus GTS desempenho de encher os olhos: o modelo vai de 0 a 100 km/h em apenas 8,7 segundos e atinge a velocidade máxima de 210 km/h. O motor 250 TSI é membro da consagrada família EA211.

Ficou interessado¿ Passe em uma concessionária Breitkopf e confira o modelo.

 

Fonte: vwnews.com.br

Jetta GLI: o sedã de um GTI

segunda-feira, junho 24th, 2019

 

Modelo esportivo traz o motor GTI com 230 cv e atinge 250 km/h

Modelo esportivo traz o motor GTI com 230 cv e atinge 250 km/h

 

Que tal conquistar agora um modelo da linha GTI ou GTS dos anos 1980 e 1990, só que totalmente renovado e zero quilômetro? O Jetta GLI, o sedã de um GTI, chega às concessionárias Breitkopf este mês e promete ser um sucesso, relembrando os clássicos do passado. Não era para menos: o modelo traz o mesmo conjunto mecânico (motor e câmbio), as inovações tecnológicas e os recursos de segurança e de assistência à condução que fazem do Golf GTI um ícone de dirigibilidade. O design exclusivo, a ampla lista de equipamentos de série e o fato de não ter nenhum concorrente direto no mercado brasileiro são argumentos que devem convencer muitos entusiastas no País.

 

É a primeira vez que a Volkswagen oferece no Brasil o Jetta GLI. Produzido sobre a Estratégia Modular MQB, o Jetta GLI reforça a ofensiva de sedãs Volkswagen no Brasil e faz parte da lista de 20 lançamentos previstos até 2020, dentro do conceito da Nova Volkswagen.

A novidade complementa a linha Jetta no País, sendo posicionada acima das configurações R-Line, Comfortline e 250 TSI. A configuração GLI é a única na linha Jetta equipada com motor 350 TSI, com 230 cv. São 80 cv a mais do que o motor 250 TSI, de 150 cv, que equipa as demais versões.  O Jetta GLI acelera de 0 a 100 km/h em 6,8 segundos e a velocidade máxima é de 250 km/h.

Você sabia?

A nomenclatura GLI nasceu na década de 1980, nos Estados Unidos, como parte da estratégia de esportivos da Volkswagen no mundo, e se refere aos modelos de topo de gama, trazendo todo o apelo dos modelos GTI à classe refinada dos sedãs. Daí a origem do nome Gran Luxury Injection (GLI).

 

Fonte: vwnews.com.br

Máquinas luxuosas no show room da Breitkopf

quinta-feira, novembro 12th, 2009

O show room da Breitkopf tem opções para quem não dispensa veículos que agregam o luxo e a potência. Exemplos são o Passat 2.0 Turbo, o Passat CC e o Tiguan, que estão conquistando clientes que mais que um carro, procuram luxuosas máquinas da Volkswagen.

A versão 2.0 FSI turbo do Passat é vendida nas versões sedã e perua. O modelo é equipado com o propulsor que apresenta sistema de injeção direta de combustível e rende 200 cavalos de potência. O torque, de 28,4 kgfm, é alcançado a 1.800 rpm. Segundo a Volkswagen, os números são suficientes para levar o veículo de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos e à velocidade máxima de 230 km/h.

Os números de desempenho são referentes as duas configurações da carroceria. Em ambas, também, o câmbio é automático de seis marchas, com função sequencial. O modelo ainda conta com sistema de partida com utilização de chave eletrônica (sem haste metálica), que dispensa o uso da chave normal e volante de direção multifuncional .

O Passat CC vem equipado com o motor V6 3.6 FSI (sistema de injeção direta de última geração) com 300 cavalos de potência e 6.600 rpm e 35,6 kgfm de torque entre 2.400 e 5.300 rpm. Em conjunto com a transmissão automatizada de dupla embreagem DSG Tiptronic de seis velocidades e a tração integral permanente 4Motion, o luxuoso modelo é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em apenas 5,6 segundos e de atingir os 250 km/h de velocidade máxima.

Com design inovador e tecnologia da marca alemã, o Passat CC conta com toda a base técnica do modelo sedã, que já tem seu sucesso comprovado há mais de três décadas. A personalidade do novo modelo foi inteiramente descrita na carroceria. O teto estende-se em raio plano desde o para-brisa até a traseira. Um dos traços característicos do design do modelo é a acentuada linha arqueada que corre pelas laterais. Outra novidade introduzida por esse cupê é o teto panorâmico de vidro (opcional), que aumenta a sensação de espaço e proporciona vista ampla para o alto.

O Volkswagen Tiguan é um SUV com alto nível de segurança, conforto e dirigibilidade. Produzido em Wolfsburg, Alemanha, o Tiguan é ideal para quem aprecia conforto, requinte e versatilidade de um SUV aliado a aventura, seja urbana ou fora de estrada.

Disponível em 7 opções de cores externas, o modelo também conta com seis padrões de revestimento interno, sendo três em tecido e três em couro. Com muito requinte e tecnologia, o modelo recebeu 5 estrelas do EuroNCAP, nota máxima no crash-test, além de obter o melhor resultado no teste de capotagem realizado entre os modelos SUV compactos pelo IIHS (Institute Insurance Highway Safety), orgão responsável pela segurança veicular nas estradas americanas.

Cliente opta pelo design e preço do Voyage

quinta-feira, agosto 6th, 2009

Funcionária da Breitkopf em Blumenau, Valéria Buhlmann, não abre mão da qualidade dos veículos da Volkswagen vendidos pela Concessionária onde trabalha. Desde o dia 13 de maio está rodando com um Voyage Confortline na cor cinza vulcan, que tirou “zerinho” da loja.

Antes de adquirir o sedã, Valéria, que atua como encarregada de cobrança na área de administração da empresa, já dirigia um Fox. Apesar de Valéria elogiar o espaço interno e o conforto do carro, foram o design arrojado e o preço acessível que determinaram sua escolha pelo Voyage.

Para deixar seu Voyage ainda mais versátil, Valéria escolheu os opcionais CD Player e banco bipartido. Acessórios que tornam o veículo ainda mais confortável para desfrutar de momentos de lazer com a família, principal objetivo da funcionária da Breitkopf, ao comprar o sedã.

Valéria já colocou seu carro na estrada para viajar e achou o desempenho ótimo. “Recomendo este carro para todos os meus conhecidos”, conta, satisfeita. O Voyage foi o oitavo carro mais vendido do Brasil no mês de junho, com 8.832 unidades, segundo a agência AutoInforme.

Cliente se encanta com o Voyage

sexta-feira, julho 10th, 2009

Depois de visitar o estande da Breitkopf na Fenahabit (Feira Nacional das Tecnologias da Construção e Habitação), Edson Leitzke, de Rodeio, SC, se apaixonou pelo Voyage 1.0 da Volkswagen. No dia seguinte, 22 de junho, foi até a concessionária em Blumenau, acompanhado da família, comprar o tão sonhado carro, na cor cinza vulcão.

O Voyage é o primeiro veículo da marca Volkswagen adquirido por Edson. Após comparar as vantagens do modelo com outros sedãs disponíveis no mercado, não teve dúvidas. “Decidi mudar e não me arrependo, pelo contrário, estou muito satisfeito com a compra”, declara.

O preço e o design do Voyage foram alguns dos pontos positivos que ajudaram Edson a levar o sedã para casa. “Além de ter um preço muito bom, o carro é muito bonito, com acabamentos arredondados”. Ele escolheu alguns opcionais, como direção hidráulica, ar-condicionado e friso nas portas, para tornar o veículo ainda mais versátil.

Edson também elogiou o espaço interno do Voyage, já que seu maior objetivo é usar o carro para passear com a família. Mestre de obra na construção civil, ele utiliza moto para se locomover ao trabalho. “Gosto de viajar com a família para a praia nos finais de semana. Por isso escolhi um carro confortável e com porta-malas espaçoso”, conta.

O Voyage está entre os 10 modelos mais vendidos do País. Nos cinco primeiros meses de 2009, soma 30.169 unidades vendidas.

Voyage vence duelo de sedãs populares

sexta-feira, abril 17th, 2009

Os sedãs pequenos estão ganhando a preferência de quem quer mais que um hatch 1.0. Em números de vendas, só perdem para os populares. Neste comparativo, o Voyage da Volkswagem, sai na frente do seu maior concorrente, a começar pelo preço, mecânica mais eficiente e desenho mais atraente.

Além de fazer bem aos olhos, o estilo do Voyage é resultado de um projeto mais atual. Ele compartilha plataforma com o Polo, com caixa de direção e suspensão dianteira ainda mais avançadas. Os materiais utilizados na cabine do modelo da Volks conferem qualidade superior. A ergonomia do Voyage também está num nível acima, com melhor posição de dirigir e dos comandos no painel.

Em movimento, o VW releva outras qualidades. O motor com cabeçote de oito válvulas somado ao câmbio de engates precisos e à direção bem acertada resultam num carro gostoso de guiar.

Outro ponto alto do Voyage são os inúmeros opcionais, como freios ABS, computador de bordo e toca CDs com leitor de arquivos e MP3 e WMA, além de entradas USB e cartão SD e Bluetooth. Itens inexistentes no modelo sedã da concorrente.

Mais uma vantagem do Voyage surge na hora de pagar o seguro. A média dos valores cotados nas companhias é menor que o da outra marca. Os valores da cesta básica de peças de reposição também são menores nas concessionárias da Volkswagem

Fonte: Jornal da Tarde